Mais lidas
Esportes

Após ser atacado por tubarão, Fanning curte churrasco na África

.

ÉDER FANTONI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após ser atacado por um tubarão na final da etapa da África do Sul, o australiano Mick Fanning, 34, ganhou de presente um churrasco na África do Sul.
Os surfistas que ainda estavam na disputa da sexta etapa do Mundial de surfe foram até a festa dedicada para o tricampeão mundial, inclusive Adriano de Souza, o Mineirinho, que lidera o Mundial.
"Todos vieram para dar um abraço nele. Ele estava curtindo muito. Choramos, nos abraçamos... Choramos de novo. Todos nós celebramos", disse à Folha, por telefone, Renato Hickel, um dos diretores da WSL (World Surf League) e que também esteve presente na festa, realizada numa pousada.
"O Julian [Wilson, que também estava na água no momento do ataque] e o Mick [Fanning] conversaram o tempo todo na festa. Depois do susto, o astral estava muito bom. Isso uniu todo mundo e todos estão bem", afirmou Hickel.
Fanning, que teve apenas alguns arranhões, estava muito assustado após o ataque. Em entrevista para o canal oficial da liga, chegou a chorar, assim como Wilson, seu adversário na final.
A etapa, no fim das contas, terminou sem vencedor. Após o incidente, a organização decidiu cancelar o evento por temer novos ataques.
Com isso, Mineirinho, que poderia ser ultrapassado na liderança do Mundial, permanece na primeira posição, com 33.200 pontos. Fanning é o segundo, com 32.950, enquanto Wilson (31.450) ocupa a terceira colocação. Filipe Toledo (29.200) caiu para quarto.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber