Esportes

Flamengo desiste de demitir goleiro Bruno

Da Redação ·
 Flamengo
fonte: Arquivo
Flamengo

O presidente em exercício do Flamengo, Hélio Ferraz, confirmou nesta terça-feira (20) ao jornal carioca Extra que a direção do Clube decidiu aguardar a conclusão das investigações que envolvem o goleiro Bruno para tomar qualquer tipo de atitude em relação a rescisão ou não do contrato. Em reunião realizada na noite de ontem, também ficou definido que o processo contra o o goleiro por denegrir a imagem da instituição será adiada.

continua após publicidade

A justa causa seria o motivo da demissão devido o suposto envolvimento de Bruno no caso da suposto assassinato de sua ex-amante, Eliza Samudio. Bruno é considerado o principal suspeito e encontra-se preso em Minas Gerais.

A decisão é contrária a anunciada na semana passada pela presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, que está passando férias nos Estados Unidos.