Mais lidas
Esportes

Djokovic e Federer vencem e repetem decisão de 2014

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer vão decidir o título de Wimbledon, terceiro Grande Slam da temporada, no próximo domingo (12), às 10h. A decisão é uma reedição da final do ano passado, quando Djokovic levou a melhor e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (7-9), 6/4, 7/6 (7-4), 5/7 e 6/4. No retrospecto entre os dois tenistas, o suíço possui uma vitória a mais (20 a 19).
Número um do ranking da ATP (Associação do Tenistas Profissionais), Djokovic, que busca o tricampeonato, garantiu vaga na decisão após vencer o francês Richard Gasquet, 20º do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-2), 6/4 e 6/4.
No confronto contra Gasquet, Djokovic errou muito mais do que o rival no primeiro set, mas conseguiu vencer por 7/6. Na segunda parcial, o sérvio abriu 2/0 e teve tranquilidade para ganhar por 6/4. No terceiro set, o número um do mundo conseguiu a quebra no terceiro game e fechou o jogo novamente em 6/4.
Durante a partida, Djokovic recebeu atendimento duas vezes em virtude de uma dor no ombro esquerdo.
Já Federer, número dois do mundo, ganhou do britânico Andy Murray por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 7/5 e 6/4. O suíço buscará seu oitavo título na competição.
No duelo contra Murray, Federer conseguiu a quebra quando vencia o set inicial por 6/5. Na segunda parcial, o suíço teve a oportunidade de fechar quando vencia por 5 a 4. Porém, o britânico conseguiu se manter vivo no set até perder por 7/5. No terceiro set, o número dois do mundo quebrou o saque no décimo game e fechou a partida em 6/4.


×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber