Mais lidas
Esportes

Brasileiros perdem na 1ª rodada e vão para repescagem no Mundial de surfe

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nem Mineirinho, nem Filipinho e muito menos o atual campeão Gabriel Medina. Os nove representantes brasileiros na etapa de Jeffreys Bay (África do Sul), a sexta do Mundial de surfe, não conseguiram avançar diretamente para a terceira fase da competição.
Com isso, vão disputar a repescagem, que deverá ser realizada no sábado (11).
Os primeiros a competir foram Alejo Muniz e Miguel Pupo, que estavam na segunda bateria do dia juntamente com o australiano Julian Wilson. Com 13.93, o australiano avançou direto para a terceira fase. Alejo Muniz somou 12.27, enquanto Miguel Pupo alcançou 5.60.
Logo depois, Filipe Toledo, vice-líder do ranking, terminou em terceiro lugar na sua bateria com 5.33. O vencedor foi o norte-americano Dane Reynolds, que somou 13.33.
Convidado pela organização, o brasileiro Tomas Hermes também ficou em terceiro lugar na sua bateria. Ele somou 7.66, enquanto Mick Fanning foi o vencedor com 15.67.
Líder do Mundial, Mineirinho esteve próximo de avançar diretamente para a terceira fase, mas perdeu sua bateria para o norte-americano KoloheAndino (14.03 a 13.24).
Wiggolly Dantas foi outro que não conseguiu avançar. Com 8.87, ficou em terceiro na bateria vencida pelo australiano Adrian Buchan.
A décima bateria do dia teve dois representantes brasileiros: Jadson André e Italo Ferreira. Porém, não conseguiram superar Freddy Patacchia Jr.
Já Gabriel Medina, que corre o risco de rebaixamento, ficou apenas em terceiro lugar na sua bateria. Ele somou 9.00, contra 13.93 de Keanu Asing, que avançou direto para a terceira fase.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber