Mais lidas
Esportes

Bottas lamenta demora da Williams em liberar disputa com Massa

.

TATIANA CUNHA
SILVERSTONE, REINO UNIDO (FOLHAPRESS) - Companheiro de equipe de Felipe Massa, Valtteri Bottas lamentou a demora da Williams em liberá-lo para disputar posição com o brasileiro durante as primeiras voltas do GP da Inglaterra, neste domingo, quando os dois ocupavam as primeiras colocações em Silverstone.
"Ninguém deve deixar ninguém passar porque isso não é automobilismo. Mas claro que teria sido bom poder ter lutado com o Felipe àquela altura da corrida, quando eu tive as melhores chances de ter ultrapassá-lo", disse o piloto finlandês, que passou 15 voltas atrás do parceiro na segunda colocação neste domingo.
"Não me deixaram tentar a ultrapassagem inicialmente, mas depois liberaram. Mas aí eu já não tive mais chances tão boas porque meus pneus começaram a se desgastar por estar atrás dele. Acho que a ideia do time era não perder tempo brigando entre si, mas obviamente que para mim foi um pouco frustrante. Claro que é fácil falar depois", completou Bottas, que chegou na quinta colocação -Massa foi o quarto, atrás de Lewis Hamilton, o vencedor, Nico Rosberg, o segundo, e Sebastian Vettel, o terceiro colocado.
Massa, por sua parte, defendeu a decisão da Williams.
"Naquele momento a gente estava na briga, eu em primeiro e o Valtteri atrás de mim, usando a asa móvel, o que fazia obviamente com que ele ficasse mais veloz e ajudava muito. Sem isso eu abria vantagem dele. Acho que foi a decisão correta da equipe, mesmo porque não sei se teria deixado ele passar numa posição como essa", afirmou o brasileiro.
Chefe dos engenheiros da Williams, Rob Smedley também defendeu a decisão de pedir que seus pilotos não lutassem por posição nas primeiras voltas em Silverstone.
"Não queremos favorecer um piloto em favor do outro. Somos um time e nosso objetivo é ganhar o máximo de pontos possível. O time vem na frente de todos. Na Williams esta é a mentalidade e estaríamos felizes de ver os dois duelando sem segurar um ao outro", afirmou o engenheiro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber