Mais lidas
Esportes

Valdivia já tem acordo para jogar em clube dos Emirados Árabes

.

RAFAEL REIS
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após cinco anos no Palmeiras, o meia Valdivia, 31, decidiu não renovar contrato com o clube paulista. O jogador já tem até um acordo para defender o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, a partir de agosto.
O vínculo ainda não foi assinado, o que deve acontecer depois do fim da Copa América.
Valdivia é o camisa 10 do Chile, anfitrião da competição, que enfrenta o Uruguai nesta quarta-feira (24) por uma vaga nas semifinais do torneio.
O rompimento entre o jogador e o Palmeiras está ligado a razões financeiras.
O clube não aceitou manter o salário de cerca de R$ 500 mil que o meia recebe atualmente e vinculou a renovação do contrato a uma drástica redução nos rendimentos fixos do atleta.
A proposta palmeirense, rejeitada por Valdivia e seu estafe, previa um salário de R$ 150 mil mais uma bonificação de R$ 50 mil por cada partida que o jogador disputasse.
O meia possui contrato com o time paulista até o dia 17 de agosto. No entanto, ainda não há uma definição se ele cumprirá esse acordo até o fim e jogará mais algumas partidas no Brasil ou se será liberado antecipadamente.
Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do chileno não confirmou a transferência, mas também não a negou.
Campeão paulista pelo Palmeiras em 2008, Valdivia retornou ao clube em 2010, após passagem pelo Al-Ain, também dos Emirados Árabes.
Em cinco anos, o camisa 10 colecionou problemas médicos e foi rebaixado para a Série B do Brasileiro em 2012, mas também mostrou bom futebol. Ele conquistou os títulos da Copa do Brasil (2012) e da segunda divisão nacional (2013).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber