Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Chile desafia histórico ruim de anfitriões por semi da Copa América

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Melhor time da primeira fase da Copa América, o Chile tenta nesta quarta-feira (24), quando enfrenta o Uruguai às 20h30, tornar-se o primeiro anfitrião a alcançar as semifinais da competição nos últimos 14 anos.
Desde que a Colômbia conquistou o título continental em 2001, todo país-sede tem fracassado e deixado o torneio precocemente.
Nem a Argentina, de Messi, e Tevez, escapou dessa maldição. Em 2011, foi eliminado nos pênaltis pelo mesmo Uruguai nas quartas de final.
Venezuela (2007) e Peru (2004) foram outras seleções anfitriãs que pararam nessa fase.
O maior trunfo chileno para evitar ser mais uma vítima dessa história é o ataque, o melhor da competição.
A equipe da casa marcou dez vezes nos três jogos que fez na primeira fase, mais que o dobro que qualquer outro time (Equador, México, Argentina, Paraguai e Brasil anotaram quatro cada).
Com isso, tem também o artilheiro do torneio, o meia Arturo Vidal, da Juventus-ITA, que balançou as redes três vezes.
Mais: o Chile é a única seleção que conseguiu vencer por mais que um gol de diferença -aplicou 5 a 0 na Bolívia na última rodada do Grupo A.
Além do bom momento, o time tem em seu favor para conquistar pela primeira vez o título da Copa América uma tabela totalmente favorável.
Se passar pelo Uruguai, o Chile terá Peru ou Bolívia como adversário na semifinal. Do outro lado da chave, Argentina, Colômbia, Brasil e Paraguai disputam uma vaga na decisão.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber