Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Romário comemora renúncia de Blatter e pede saída de Del Nero

.

SÉRGIO RANGEL, ENVIADO ESPECIAL
TERESÓPOLIS, RJ (FOLHAPRESS) - O senador Romário (PSB) comemorou nesta terça-feira (2) a saída de Joseph Blatter da Fifa e pediu a renúncia do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.
Presidente da Fifa desde 1998, Blatter surpreendeu ao convocar novas eleições para o comando da entidade e informou que não concorrerá neste novo pleito.
Na semana passada, sete dirigentes da Fifa foram presos em Zurique, suspeitos de participar de um esquema de corrupção. José Maria Marin, que presidiu a CBF até o mês passado, é um dos presos.
"É a melhor notícia dos últimos tempos. A renúncia do Blatter representa o início de uma nova era para o futebol", disse o parlamentar, que conseguiu na semana passada assinaturas para a abertura da CPI da CBF no Senado.
Segundo Romário, a Fifa se tornou nos últimos anos numa máquina de ganhar dinheiro.
"A crise neste momento é mais do que bem vinda. Temos uma ótima oportunidade de fazer uma limpeza efetiva no futebol. Prisão para os corruptos e que se apresente grandes ídolos", acrescentou o ex-jogador, campeão mundial na Copa de 1994.
Na segunda (1º), o senador se reuniu com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Romário disse que a CPI será instalada nos próximos dias e que os parlamentares vão trabalhar em conjunto com a PGR (Procuradoria-Geral da República).
"Espero agora sinceramente que o presidente Marco Polo Del Nero renuncie", disse o senador.
Segundo a acusação dos norte-americanos, Marin dividiu propina para a manutenção de um acordo de exploração comercial da Copa do Brasil (torneio disputado desde 1989 pelos principais clubes do país) com J. Hawilla, dono da Traffic, e mais dois cartolas brasileiros. Del Nero é suspeito de ser um deles.
Na segunda (1º), a Folha de S.Paulo revelou que o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, aprovou e assinou as contas do balanço da confederação do ano passado.
Até então, Del Nero alegava que pode responder por acordos e contratos assinados durante a gestão de Marin.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber