Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Príncipe da Jordânia será candidato de novo na Fifa, diz vice de federação

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Único adversário de Joseph Blatter na eleição para a presidência da Fifa na última sexta-feira (29), o príncipe da Jordânia, Ali bin Al-Hussein, confirmou nesta terça (2), por meio de seu estafe, que vai concorrer novamente ao cargo logo após o atual mandatário renunciar à presidência.
Diante do maior escândalo da história do futebol mundial, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta terça (2) que vai deixar o cargo, ocupado por ele há 17 anos, por não se sentir apoiado pelo mundo do futebol.
O suíço continuará à frente da entidade até que um novo pleito seja realizado -a previsão é que isso ocorra entre dezembro deste ano e março de 2016, de acordo com a Fifa.
"Em caso de novas eleições, o príncipe Ali está pronto", disse à agência AFP Salah Sabra, vice-presidente da Federação Jordaniana de Futebol, entidade presidida por Ali.
Na eleição realizada na sexta (29), Blatter venceu após o príncipe desistir de participar do segundo turno. Na primeira votação, obteve 133 votos entre 209 federações.
Pelas regras, como nenhum dos dois candidatos atingiu dois terços dos votos, haveria a necessidade de um segundo turno, quando então se exige apenas maioria simples.
Com os 133 votos, Blatter já tinha, em tese, essa maioria. O príncipe, que conquistou 73 votos, abriu mão da disputa. Três votos foram nulos.
O ex-jogador português Luís Figo e o holandês Michael van Praag chegaram a se candidatar ao cargo de presidente da Fifa, mas desistiram dias antes da eleição.
RENÚNCIA
O pronunciamento de Blatter aconteceu em meio a um clima de tensão na sede da Fifa. A princípio ele concederia uma entrevista ao lado de Walter de Gregorio, diretor de comunicação, e Domenico Scala, diretor do comitê de auditoria e conformidade da Fifa.
Mas, momentos antes do início da entrevista, Fifa mudou os planos e retirou os nomes de Blatter e de Scala da mesa de entrevista. Ambos apenas fizeram um pronunciamento e não permitiram perguntas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber