Mais lidas
Esportes

​Casagrande evolui ao tratamento, mas segue internado após sofrer infarto

.

De acordo com Gilvan Ribeiro, jornalista e biógrafo de Casagrande, o ex-jogador estava em ótimas condições de saúde e emocionais antes do incidente - Foto: Divulgação
De acordo com Gilvan Ribeiro, jornalista e biógrafo de Casagrande, o ex-jogador estava em ótimas condições de saúde e emocionais antes do incidente - Foto: Divulgação

O comentarista da Rede Globo Walter Casagrande Júnior segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital TotalCor, em São Paulo, após sofrer um infarto na última sexta-feira (29). De acordo com boletim médico divulgado neste sábado (30), o estado do ex-jogador do Corinthians é estável e ele tem recebido bem ao tratamento ao qual é submetido. Não há previsão de alta.

Casagrande sentiu dores no peito na manhã de sexta-feira e foi levado ao hospital. Diagnosticado o infarto, o comentarista passou por cirurgias de cateterismo e angioplastia.

De acordo com Gilvan Ribeiro, jornalista e biógrafo de Casagrande, o ex-jogador estava em ótimas condições de saúde e emocionais antes do incidente.

“Ele estava muito bem. Estava na sua melhor fase de saúde e de cabeça desde 2006. Não estava nem bebendo (bebidas alcoólicas), estava bem disposto, era possível ver como ele estava bem pelo seu semblante nas transmissões de TV”, afirmou o jornalista ao UOL Esporte.

Casagrande defendeu o Corinthians nas décadas de 80 e 90 e fez parte do período conhecido como Democracia Corintiana. Também atuou por Caldense, São Paulo, Flamengo, Porto-POR, Ascoli-ITA e Torino-ITA, além de defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1986 Após deixar os gramados, Casagrande se firmou como comentarista da TV Globo, marcando suas participações por opiniões contundentes.

Em 2007, o ex-jogador foi internado por dependência de drogas e ficou afastado das atividades na televisão por quase dois anos. Superado o período difícil, lançou o livro “Casagrande e Seus Demônios”, no qual relata sua luta contra o vício de entorpecentes.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber