Esportes

Cruzeiro perde no Mineirão e está fora da Libertadores

Da Redação ·
Foto: Reuters
Foto: Reuters

FÁBIO PORTUGAL

continua após publicidade

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A vitória por 1 a 0 sobre o River Plate no Monumental de Núñez deixou confiante a torcida do Cruzeiro, que lotou o Mineirão. A equipe, no entanto, não correspondeu e foi derrotada por 3 a 0 pelos argentinos, nesta quarta-feira (27), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores. 

A eliminação impede um confronto entre brasileiros nas semifinais da competição continental. Classificado, o River aguarda o vencedor do confronto entre Racing-ARG e Guaraní-PAR. Já o Internacional jogará contra o Tigres-MEX. 

continua após publicidade

Se em Buenos Aires o Cruzeiro desperdiçou uma grande oportunidade de gol logo aos 2 min de jogo, com Manoel, em Belo Horizonte não foi diferente. O relógio marcava o mesmo período de tempo quando Willian ficou sozinho, de frente para o gol. Mas o atacante chutou por cima da meta. 

O Cruzeiro ofereceu espaços demais na defesa e sofreu um gol de contra-ataque aos 19 min, após erro de passe de De Arrascaeta. Teo Gutiérrez virou para Sánchez, que dominou na área e finalizou cruzado para marcar. 

Desorganizad, o time mineiro foi castigado com o segundo gol antes do intervalo. Aos 44 min, Maidana subiu de cabeça após cobrança de escanteio e colocou a bola no canto direito do goleiro Fábio. 

continua após publicidade

No intervalo, o técnico Marcelo Oliveira tirou De Arrascaeta para a entrada de Gabriel Xavier, que havia se destacado no jogo em Buenos Aires.
Mas logo aos 6 min, Teo Gutiérrez decretou a vitória do River. O atacante colombiano deu um "drible da vaca" em Bruno Rodrigo, invadiu a área e finalizou com categoria. 

Já no fim da partida, o Cruzeiro esboçou uma reação com duas bolas na trave consecutivas, com Leandro Damião e Alisson. Mas não conseguiu sequer fazer o gol de honra.

CRUZEIRO

continua após publicidade

Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Mena; Willians (Joel) e Henrique; Marquinhos, De Arrascaeta (Gabriel Xavier) e Willian (Alisson); Leandro Damião
T.: Marcelo Oliveira

RIVER PLATE

continua após publicidade

Barovero; Mercado (Pezella), Maidana, Funes Mori e Vangioni; Sánchez, Matías Kranevitter, Leonardo Ponzio (Mayada) e Rojas; Rodrigo Mora e Teo Gutierrez (Martínez)

T.: Marcelo Gallardo

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Gols: Carlos Sánchez, aos 19, e Maidana, aos 44 min do 1º tempo; Teo Gutierrez, aos 6 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Mena, Willian (C), Barovero e Mercado (R)
Cartão vermelho: Gabriel Xavier (C)
Público: 55.951 presentes
Renda: R$ 3.646.216,00