Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Após protestos, São Paulo volta a vencer no Brasileiro

.

OBS.: INCLUI RETRANCA SÃO PAULO-JOINVILLE 2
GUILHERME YOSHIDA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após integrantes da torcida uniformizada Independente protestar contra alguns jogadores e a diretoria do clube, o São Paulo venceu o Joinville por 3 a 0 neste sábado (23), no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.
O veterano atacante Luis Fabiano, um dos alvos das críticas dos torcedores, começou como titular, mas foi pouco acionado e deu lugar a Alexandre Pato no intervalo da partida.
E o camisa 11 são-paulino entrou bem no jogo ao marcar um dos gols, além de dar uma assistência para Michel Bastos anotar outro. O zagueiro Dória, ainda no primeiro tempo, havia anotado o primeiro da equipe na partida.
Com o resultado, a equipe são-paulina chegou aos seis pontos e assumiu provisoriamente a liderança da classificação no saldo de gols. De quebra, o time paulista voltou a vencer em seu estádio depois da eliminação da Libertadores e derrota para a Ponte Preta na semana passada.
Já o Joinville continuou com um ponto, ainda sem vencer na competição.
O JOGO
Apesar da fragilidade do time catarinense, o São Paulo não conseguiu fazer uma boa partida, o que deixou o jogo muito lento e fraco tecnicamente. Isso porque o time do Morumbi voltou a ter problemas de criação nas jogadas de ataque para superar a retranca adversária.
Ganso, novamente pouco participativo, foi presa fácil da marcação adversária. As alternativas foram as jogadas pelos lados do campo, principalmente com Michel Bastos pelo setor esquerdo.
Mas, foi pelo lado direito que aconteceu jogada do gol antes do intervalo. Aos 10min, após cobrança curta de escanteio, o zagueiro Dória apareceu livre na grande área do Joinville para aproveitar o cruzamento de Bruno e, de cabeça, abrir o placar na partida.
Depois da vantagem no marcador, a equipe são-paulina recuou e permitiu o Joinville ter mais presença ofensiva e trocar passes no campo de ataque. Porém, os visitantes eram muitos limitados ofensivamente e pouco ameaçaram o goleiro Rogério Ceni.
O São Paulo voltou dos vestiários com Alexandre Pato no lugar de Luis Fabiano. E, mesmo com o time sofrendo com as mesmas dificuldades na saída de bola do primeiro tempo, o camisa 11 participou mais das jogadas no campo de ataque do que o titular.
E, assim, Pato foi decisivo na jogada do segundo gol são-paulino. Aos 13min, após uma saída de bola errada do Joinville, o atacante acionou Michel Bastos, que chutou forte da entrada da área e ampliou o placar para o São Paulo.
Já aos 33min, Pato fez boa jogada individual e quase anotou o terceiro gol da equipe se não fosse a boa defesa do goleiro Oliveira.
No fim, e com o confronto já resolvido, o técnico Milton Cruz ainda promoveu a estreia do atacante João Paulo, revelado nas categorias de base do clube. Mas quem marcou foi novamente o camisa 11.
Aos 40min, após passe de Thiago Mendes, Pato recebeu na grande área, cortou a marcação e chutou no canto, sem chances para o goleiro Oliveira.
SÃO PAULO
Rogério Ceni; Bruno (Hudson), Paulo Miranda, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Thiago Mendes, Michel Bastos (João Paulo) e Ganso; Luis Fabiano (Pato)
T.: Milton Cruz
JOINVILLE
Oliveira; Mário Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Anselmo, Naldo, Marcelo Costa e Marcelinho Paraíba (Augusto César) William Henrique (Willian Popp) e Kempes (Jael)
T.: Hemerson Maria
Estádio: Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Gols: Dória aos 10 min do 1º tempo; Michel Bastos, aos 13, e Pato, aos 40 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Thiago Mendes e Pato (S)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber