Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

River faz apelo contra violência e teme infiltrados do Boca entre cruzeirenses

.

MARIANA CARNEIRO
BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - Temendo a "infiltração" de torcedores do Boca Juniors, inconformados com a desclassificação da Libertadores após o episódio do gás de pimenta, o River armou um esquema de segurança para a partida desta quinta (21) no Estádio Monumental.
O River só vendeu ingressos aos sócios do clube e todas as entradas estão identificadas com os nomes dos torcedores.
Os brasileiros, torcedores do Cruzeiro, deverão apresentar o passaporte para retirar os ingressos. Segundo o River, há 1.750 ingressos reservados para os mineiros.
Nesta quarta (20), o River divulgou vídeos dos jogadores do time pedindo responsabilidade aos torcedores e menos violência no estádio.
O zagueiro Leonardo Ponzio, um dos que sofreram queimaduras provocadas pelo gás de pimenta no Bombonera, pediu que os torcedores não levem fogos de artifício, nem entoem cantos xenófobos na partida contra o Cruzeiro. O River teme que a reação nas arquibancadas seja interpretada como uma provocação ao rival Boca.
O clube também informou que aumentou o esquema de segurança. Serão 1.650 homens, policiais e da segurança privada do River que controlarão o movimento em volta do Monumental.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber