Mais lidas
Esportes

Minha tática não deu certo, diz Medina após eliminação no Rio

.

ÉDER FANTONI, ENVIADO ESPECIAL
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Atual campeão mundial, o paulista Gabriel Medina, 21, lamentou os erros em sua estratégia na bateria contra o havaiano Keanu Asing, 20, pela terceira rodada da etapa do Rio do Mundial de surfe, na praia da Barra da Tijuca, nesta sexta-feira (15).
Medina perdeu para o rival, por 14,17 a 13,60, e foi eliminado da competição.
"Tinha bastante correnteza e eu não consegui me localizar no lugar em que eu queria. Minha tática não funcionou", disse o paulista após a derrota.
Medina pegou 15 ondas no total. Apesar de se arriscar ao máximo, ele não conseguiu notas altas. As maiores foram 6,50 e 7,10. Já Asing, em dez ondas, teve 5,57 e 8,60 como suas maiores notas.
"Eu procurei uma onda [que quebra] para a direita, porque o vento estava bom para dar aéreo, mas não consegui achar e só fui para a esquerda", disse o surfista.
Este é mais um resultado ruim para o brasileiro. Nas três primeiras etapas, na Austrália, Medina ficou em 13º em Gold Coast, em quinto em Bells Beach e em 25º em Margaret River.
Com mais este modesto resultado, Medina ficará ainda mais distante da liderança do Mundial, que hoje pertence a Mineirinho, já eliminado também no Rio.
Mineirinho perdeu para o neozelandês Ricardo Christie, 26, que está em sua primeira temporada no Mundial. O brasileiro acabou derrotado por 16,57 a 13,90.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber