Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Tite pede calma para torcida contra Guaraní e aguarda por atacantes

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico Tite pediu calma ao torcedor corintiano para o duelo contra o Guaraní, na quarta-feira (13), às 22 horas, no Itaquerão, pela partida de volta das oitavas de final da Taça Libertadores da América.
Logo após a vitória sobre o Cruzeiro, no domingo (10), pelo Brasileiro, o treinador lembrou que o time paraguaio foi leal e venceu o jogo de ida por merecimento.
"Peço para torcida que não faça nada com Guaraní, provocação com torcedor, atleta. Eles só jogaram futebol e foram leais. Nós queremos ser melhores para reverter", disse Tite, que aponta as "triangulações e infiltrações" como as armas do Corinthians para o duelo.
"Eu aceito qualquer resultado se o adversário for melhor que eu. É um jogo de futebol, não é matar ou morrer. O Guaraní pode vir aqui e vencer. O que eu peço é a normalidade de desempenho. Retomar padrão para ser melhor que o adversário. Não tem nada de motivação. O cara que não estiver motivado em uma partida assim é um alienado", acrescentou.
Tite afirmou também que ainda não sabe se poderá contar com os atacantes Emerson e Mendoza, expulsos contra o São Paulo, pela primeira fase da Libertadores. Os dois jogadores ainda não foram julgados pela Conmebol.
"Grande ponto de interrogação: pode ser, pode ser, e não tem regra específica", afirmou Tite sobre a data do julgamento.
Como perdeu o primeiro jogo por 2 a 0, o Corinthians necessita vencer a partida de volta por três gols de vantagem para avançar às quartas de final da Libertadores.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber