Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Livro diz que federação inglesa de futebol limitava negros na seleção

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A federação inglesa de futebol (FA) teria imposto um sistema não oficial de cotas limitando o número de atletas negros que poderiam ser convocados para a seleção nacional durante os anos 90. A revelação aparece no novo livro de Emy Onuora, "Pitch Black", lançado oficialmente na Inglaterra na última sexta-feira (1º) e ainda sem tradução para o português.
Em um trecho do livro, o ex-jogador Rich Moran, que atuou no Birmingham City nos anos 90 e se afastou do futebol devido ao racismo, conta que o técnico da seleção inglesa entre 1990 e 1993, Graham Taylor, revelou para ele ter sofrido pressão da FA para não convocar muitos jogadores negros.
"Graham Taylor se aproximou de mim e disse: 'Olha, eu vou te contar uma coisa... Nunca vou admitir isso, eu seria processado por difamação... Quando eu era técnico da Inglaterra fui chamado por dois membros da FA, que eu não vou dizer quem são...' Eu disse dois nomes e ele falou: 'Não estou preparado para falar, mas me disseram em termos inequívocos para não escolher muitos jogadores negros para a seleção nacional'", disse Moran no trecho.
Em entrevista ao jornal inglês "The Guardian", Taylor afirmou que não se lembrava especificamente da conversa com Moran.
"Eu não estou tentando fugir disso, também não significa que não disse isso, mas se qualquer pessoa observar minha história em clubes e na seleção vai ver que eu não segui o que aparentemente foi dito. Não posso ser acusado de ter ficado no caminho de qualquer jogador negro", afirmou.
Em seu livro, Onuora também afirma que não há indícios de que Taylor tenha seguido a suposta recomendação da FA.
O jornal "The Guardian" tentou entrar em contato com a FA para que ela comentasse a revelação de Moran, mas, segundo a publicação, a entidade não quis se manifestar. Nenhum dos membros atuais da federação estavam no comando da entidade na época em que Taylor era técnico da Inglaterra.
Em seu livro, Onuora analisa a declaração de Moran e diz ser pouco provável que Taylor tenha sido o primeiro técnico a receber esse tipo de instrução da FA.
"A principal preocupação da FA era preservar a imagem predominantemente branca da seleção inglesa, uma imagem que eles construíram e que tomaram medidas para preservar", afirmou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber