Mais lidas
Esportes

Jogadores e técnico do Santos pedem final na Vila Belmiro

.

RAFAEL REIS, ENVIADO ESPECIAL
SANTO, SP (FOLHAPRESS) - Os jogadores e o técnico do Santos, Marcelo Fernandes, já avisaram o presidente Modesto Roma Jr. que querem disputar a segunda partida da final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, no dia 3 de maio, na Vila Belmiro.
Por ter melhor campanha que o adversário, o time da Baixada Santista atuará como mandante no jogo do título, em 3 de maio.
No entanto, a  Federação Paulista de Futebol (FPF) pode optar por realizar a partida no Pacaembu para atrair público e receita maiores.
"Já avisamos o presidente que queremos o jogo na Vila Belmiro. O mando é da federação, mas fomos unânimes em querer jogar aqui", disse o treinador santista.
Ao contrário do elenco, o presidente do clube alvinegro já chegou a brincar que gostaria de jogar as duas partidas de uma então eventual final contra o Palmeiras em campo neutro, no Itaquerão.
A definição das sedes das duas partidas da final será feita em uma reunião na sede da FPF nesta segunda (20).
A tendência é que o campeão paulista de 2015 comece a ser definido no novo estádio do Palmeiras, no próximo domingo (26), às 16h, e que o segundo jogo aconteça mesmo na Vila.
Sobre a decisão, Fernandes mostrou preocupação com a situação física do volante Valencia, que voltou a sentir dores no joelho direito e foi substituído logo no início da vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, na semifinal.
"O Valencia preocupa sim para o primeiro jogo da final", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber