Esportes

Santos vence São Paulo e vai à 7ª final seguida do Paulista

Da Redação ·
Santos vence São Paulo e vai à 7ª final seguida do Paulista - Foto: www1.folha.uol.com.br
Santos vence São Paulo e vai à 7ª final seguida do Paulista - Foto: www1.folha.uol.com.br

FÁBIO PORTUGAL
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos chegou à final do Campeonato Paulista pela sétima vez consecutiva. E em quatro dessas oportunidades o eliminado na semifinal foi o São Paulo, derrotado por 2 a 1, neste domingo (19), na Vila Belmiro.
Geuvânio e Ricardo Oliveira marcaram os gols da vitória santista. Quase no final da partida, Luis Fabiano diminuiu e chegou a dar esperança à equipe do Morumbi.
O adversário santista nas finais será o Palmeiras, que eliminou o Corinthians na outra decisão das semis após disputa de pênaltis no Itaquerão.
Eliminado no Paulista, o São Paulo volta suas atenções para o confronto decisivo contra o Corinthians, no Morumbi, na quarta-feira (22), pela Libertadores. Para não depender do resultado do jogo do San Lorenzo, a equipe precisa vencer o rival para se classificar às oitavas de final.
O JOGO
Mesmo sem o volante Souza, suspenso, Milton Cruz continuou apostando em uma formação com três jogadores no setor: Denilson, Hudson e Wesley.
O domínio são-paulino na posse de bola, porém, não foi traduzido em trabalho para o goleiro Vladimir, que não precisou fazer nenhuma defesa difícil durante toda a partida.
Esperando a hora certa para agredir, o Santos roubava a bola e ligava contra-ataques com Robinho e Geuvânio, que em um desses lances correu com a bola desde o campo de defesa e marcou um golaço.
Aos 35min, o atacante recebeu a bola antes do meio de campo, passou entre Carlinhos e Denilson em velocidade, ajeitou para a perna esquerda e finalizou com categoria no canto superior direito de Rogério Ceni.
No intervalo, Milton Cruz colocou Luis Fabiano no lugar de Paulo Miranda. Com isso, Hudson saiu do meio de campo e foi para a lateral direita.
Com o camisa 9 como referência, o São Paulo teve mais jogadores no campo de ataque, mas continuou incapaz de agredir o adversário. A única oportunidade veio aos 2min, após uma falha de Victor Ferraz. Alexandre Pato chutou na rede pelo lado de fora.
O Santos quase ampliou aos 4min com um lance curioso. O árbitro Rafael Claus "desarmou" Denilson, Ricardo Oliveira recebeu na área e finalizou cruzado à direita do gol.
Na metade da segunda etapa, Milton Cruza fez uma nova alteração que modificou a estrutura da equipe em campo. Centurión substituiu Carlinhos e Michel Bastos foi deslocado para a lateral esquerda.
Logo depois, Ricardo Oliveira acertou a trave em contra-ataque rápido com Lucas Lima. No lance seguinte, aos 30min, o centroavante não desperdiçou. Chiquinho recebeu completamente livre pela esquerda e ajeitou para o camisa 9 do Santos concluir com o gol aberto.
Após passar a partida inteira sem oferecer perigo ao goleiro Vladimir, o São Paulo teve um sopro de esperança aos 41min. Alexandre Pato lançou a bola na área, Luis Fabiano apareceu nas costas do zagueiro e tocou na saída do goleiro Vladimir.
No final, contudo, prevaleceu a eficiência do Santos, classificado para a sua sétima final de Campeonato Paulista consecutiva.
SANTOS
Vladimir; Victor Ferraz, Werley, David Braz, Cicinho; Renato, Valencia (Lucas Otávio), Lucas Lima; Geuvânio (Cicinho), Robinho (Leandrinho) e Ricardo Oliveira
T.: Marcelo Fernandes
SÃO PAULO
Ceni; Paulo Miranda (Luis Fabiano), Toloi, Lucão e Carlinhos (Centurión); Denilson, Hudson, Wesley, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato
T.: Milton Cruz
Estádio: Vila Belmiro
Árbitro: Raphael Claus
Gols: Geuvânio, aos 35 min do 1º tempo; Ricardo Oliveira, aos 30, e Luis Fabiano, aos 41 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Wesley, Michel Bastos e Leandrinho
Público: 13.459
Renda: R$ 720.850,00

continua após publicidade