Mais lidas
Esportes

Em oitavo, Nasr diz que 'esperava um pouco mais' no GP da China

.

TATIANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL
XANGAI, CHINA (FOLHAPRESS) - Felipe Nasr cumpriu sua meta para o final de semana do GP da China e, com a oitava colocação conquistada na corrida deste domingo (12), voltou à marcar pontos na F-1.
O piloto brasileiro, que largou em nono, fez uma boa prova e terminou mais uma vez à frente de seu companheiro de time, Marcus Ericsson -o sueco completou a corrida na décima colocação.
"Estou satisfeito com o resultado porque esse era meu objetivo. Claro que a gente sempre espera um pouco mais, mas o nosso carro estava super limitado hoje [domingo] e a Toro Rosso e a Lotus estavam muito mais rápidas que a gente", afirmou Nasr, que agora soma 14 pontos no Mundial e é o sétimo colocado na classificação -Lewis Hamilton, que venceu a prova em Xangai, é o líder com 68 pontos conquistados.
"Tirei o máximo que podia do carro então temos que ficar felizes com isso e saber que esses pontos vão ser importantes no campeonato", disse o brasileiro, que não pontuou na última etapa do Mundial, o GP da Malásia, há duas semanas.
Mas apesar do bom resultado na China neste domingo, Nasr imagina que terá mais dificuldade no próximo final de semana, no GP do Bahrein, por conta da temperatura na qual a corrida deve ser disputada.
"Pelo que já percebemos neste ano nosso carro não gosta muito de temperaturas altas e sempre que esquenta um pouco a gente sofre mais com desgaste de pneus e com a falta de tração", explicou Nasr.
"O que vamos ter de fazer é tentar antecipar umas mudanças e trabalhar para tentar fazer os pneus durarem mais nas altas temperaturas", completou.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber