Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Massa e Nasr dão ao Brasil melhor resultado em classificações desde 2012

.

TATIANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL
XANGAI, CHINA (FOLHAPRESS) - A quarta colocação de Felipe Massa e a nona de Felipe Nasr no treino que definiu o grid de largada para o GP da China, neste sábado (11), foi o melhor resultado do Brasil em treinos de classificação da F-1 desde a temporada de 2012.
Naquele ano, no GP da Hungria, Massa classificou-se na sétima colocação com a Ferrari e Bruno Senna, então na Williams, conquistou o nono posto no grid em Budapeste.
A pole em Xangai ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes, que pela terceira corrida seguida sairá na primeira colocação no grid. Seu companheiro de time, Nico Rosberg, larga em segundo e Sebastian Vettel, da Ferrari, sai em terceiro.
"Estou bem satisfeito porque no começo do treino parecia que a gente estava indo para outro caminho, mas o carro foi melhorando e no final consegui fazer uma volta perfeita. Perdi a terceira colocação por um pouquinho, mas foi um ótimo dia", afirmou Massa, que nesta temporada classificou-se à frente de seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas, nas três etapas disputadas -o finlandês sai em quinto na corrida deste domingo (12).
"Agora temos que ver o que conseguimos fazer na prova porque a Ferrari se mostrou bem competitiva em ritmo de corrida e sabemos que não vamos ter vida fácil. Mas vamos tentar o melhor e ver no que dá", completou Massa.
Já Nasr, que conquistou sua melhor posição de largada desde que estreou na F-1 no início deste ano, comemorou o fato de pela primeira vez sair entre os dez primeiros.
"Finalmente eu consegui! Estava batendo na trave e este nono lugar é especial para começar o final de semana", afirmou o piloto da Sauber, que teve a melhor estreia de um brasileiro na categoria com a quinta posição conquistada no GP da Austrália.
Após um final de semana cheio de problemas em seu carro na Malásia, Nasr disse que desde os primeiros treinos em Xangai sentiu que as coisas seriam diferentes nesta etapa do Mundial.
Para a corrida deste domingo (12), cuja largada acontece às 3h (de Brasília), o piloto da Sauber acredita ter condições de voltar a marcar pontos, como fez em Melbourne.
"Facilita muita coisa sair entre os dez primeiros porque querendo ou não você já começa na zona de pontuação. O importante é tentar se manter na pista, se livrar desta primeira volta porque nosso carro está consistente e depois tentar fazer as boas paradas que estamos imaginando. Mas corrida é corrida, a gente planeja, planeja, mas na hora que chega é do jeito que vier."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber