Esportes

Sem Muricy, São Paulo tem média de dois técnicos por ano

Da Redação ·
Sem Muricy, São Paulo tem média de dois técnicos por ano - Fotos: Divulgação
fonte:
Sem Muricy, São Paulo tem média de dois técnicos por ano - Fotos: Divulgação

GUILHERME SETO E RAFAEL REIS
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com a confirmação da saída de Muricy Ramalho do comando do São Paulo nesta segunda-feira (6), o time perdeu mais que um técnico identificado com sua torcida e muitas vezes campeão com a equipe. O São Paulo parece ter perdido seu porto seguro há 18 anos. 

continua após publicidade


Desde 1997, quando Muricy foi demitido após sua efetivação como técnico do clube, o São Paulo tem mantido a média de dois técnicos por ano. Desta forma, na média, o clube tem ficado menos de seis meses com técnicos nos últimos 18 anos --exceção feita a Muricy, que em suas duas últimas passagens ficou mais de um ano no clube (três anos e cinco meses entre 2006 e 2009; um ano e sete meses entre 2013 e 2015). 


Nesse período, alguns nomes se repetiram no rodízio são-paulino de treinadores. Nelsinho Baptista, Paulo César Carpegiani e Emerson Leão tiveram duas passagens cada um pelo clube. Ao todo, 16 treinadores ocuparam a função nos últimos 18 anos. 

continua após publicidade


Em 1998, o clube chegou a dar chance a quatro nomes diferentes: Darío Pereyra, Nelsinho, Mário Sérgio e Carpegiani. 


Mário Sérgio e Sérgio Baresi foram os que ficaram menos tempo como treinadores da equipe tricolor. Cada um ficou apenas dois meses no cargo. 


O mais longevo foi Ricardo Gomes, que teve um ano e dois meses entre 2009 e 2010 para fazer seu trabalho no São Paulo. 

continua após publicidade


Não é à toa que Muricy sempre foi a primeira solução que passou pela cabeça dos presidentes do São Paulo em momentos de crise. Com o treinador, o clube conquistou três títulos do Campeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008). 


Entre os outros treinadores experimentados pelo São Paulo, pode-se dizer que Paulo Autuori foi o único que teve desempenho comparável à trajetória vitoriosa de Muricy, tendo levado o time à conquista da Libertadores e do Mundial em 2005. 


VEJA OS TREINADORES ENTRE AS PASSAGENS DE MURICY
Muricy Ramalho: setembro de 2013 a abril de 2015
Paulo Autuori: julho de 2013 a setembro de 2013
Ney Franco: julho de 2012 a julho de 2013
Emerson Leão: outubro de 2011 a junho de 2012
Adilson Batista: julho de 2011 a outubro de 2011
Paulo César Carpegiani: outubro de 2010 a julho de 2011
Sérgio Baresi: agosto de 2010 a outubro de 2010
Ricardo Gomes: junho de 2009 a agosto de 2010
Muricy Ramalho: janeiro de 2006 a junho de 2009
Paulo Autuori: abril de 2005 a dezembro de 2005
Emerson Leão: setembro de 2004 a abril de 2005
Cuca: janeiro de 2004 a setembro de 2004
Roberto Rojas: maio de 2003 a dezembro de 2003
Oswaldo de Oliveira: maio de 2002 a maio de 2003
Nelsinho Baptista: maio de 2001 a maio de 2002
Vadão: dezembro de 2000 a maio de 2001
Levir Culpi: janeiro de 2000 a dezembro de 2000
Paulo César Carpegiani: novembro de 1998 a dezembro de 1999
Mário Sérgio: setembro de 1998 a novembro de 1998
Nelsinho Baptista: fevereiro de 1998 a setembro de 1998
Darío Pereyra: abril de 1997 a fevereiro de 1998
Muricy Ramalho: novembro de 1996 a abril de 1997