Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Após ausência na Austrália, Manor pretende disputar GP da Malásia

.

TATIANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL
SEPANG, MALÁSIA (FOLHAPRESS) - A cena se repetiu durante todo o final de semana do GP da Austrália, prova que abriu o Mundial de F-1 há 11 dias.
Mecânicos da Manor trabalhando freneticamente e os pilotos Will Stevens e Roberto Merhi de uniforme na garagem do time, prontos para ir à pista. Mas isso acabou não ocorrendo no Albert Park.
Uma série de problemas nos computadores da equipe, que até o ano passado era chamada de Marussia, impediu que o time participasse da abertura do campeonato, o que fez com que a FIA exigisse explicações da equipe.
Agora, às vésperas do GP da Malásia, cujo primeiro treino livre será disputado nesta noite, a partir das 23h (de Brasília), os chefes da Manor acreditam que seus carros -modelos de 2014 adaptados ao regulamento deste ano- enfim sairão dos boxes.
"Depois da decepção de não termos cumprido nosso objetivo na Austrália, chegamos à Malásia esperando por um final de semana mais normal", declarou John Booth, chefe da equipe inglesa.
"Voltamos para a Inglaterra para nos reagruparmos tecnicamente e aprimorar o trabalho que fizemos em Melbourne e, como resultado, estamos numa posição bem diferente daquela que estávamos", completou o dirigente.
No fim do ano passado, ainda sob o nome de Marussia e em graves dificuldades financeiras, o time foi colocado sob administração judicial até encontrar um investidor.
Neste meio tempo, perdeu as três últimas etapas do Mundial e, apenas semanas antes a abertura do campeonato deste ano achou um comprador que assegurou sua participação. Sem ter tido tempo de desenvolver seu carro, irá usar o modelo do ano passado até que consiga preparar um para 2015. Seus motores, fornecidos pela Ferrari, também são os de 2014.
"Como time perdemos em Melbourne a chance de mostrar o que podemos fazer. Tivemos muitos problemas de software e os carros hoje em dia são muito complexos. Mas certamente estaremos em uma posição muito melhor na Malásia", afirmou Graeme Lowdon, diretor esportivo do time inglês, que terminou o campeonato passado na nona colocação, com dois pontos conquistados.
Nesta quarta-feira, em Sepang, mecânicos da Manor trabalhavam na montagem dos carros para a corrida deste domingo, cuja largada acontece às 4h (de Brasília).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber