Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Palmeiras leva quase 10 mil torcedores a mais por jogo do que o São Paulo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No Campeonato Paulista, apenas dois pontos separam as campanhas de São Paulo (26) e Palmeiras (24), mas na disputa de quem atrai mais torcedores a diferença é favorável para o time alviverde.
Considerando os jogos desde que o Palmeiras inaugurou a nova casa, isto é, em 19 de novembro de 2014, o time recebe em média 27.513 torcedores por jogo. Nesse período, foram dez partidas em casa, duas pelo Brasileiro-14, dois amistosos e seis pelo Paulista-15.
No mesmo período, o São Paulo teve média de 18.813 pagantes em 11 jogos em casa, dois duelos pelo Brasileiro-14, um pela Copa Sul-Americana-14, dois pela Libertadores deste ano e seis pelo Paulista-15.
Na comparação de quem registrou o maior público, a vantagem é são-paulina. Foram 45.454 torcedores no Morumbi diante do Atlético Nacional, da Colômbia, na semifinal da Copa Sul-Americana, em 27 de novembro de 2014.
O maior público do Palmeiras foi contra o Sport, em 19 de novembro de 2014, com 35.939 torcedores, pelo Campeonato Brasileiro.
Há algumas diferenças também nas marcas alcançadas pelos clubes.
O Palmeiras fez todos os jogos em casa no Allianz Parque e não registrou nenhuma vez menos de 15 mil torcedores, enquanto o São Paulo jogou duas partidas no Pacaembu e chegou a receber menos de 10.000 em quatro partidas -o pior foi público foi contra o São Bento, com 4.507 presentes.
Um dos motivos de os palmeirenses terem mais afluência no estádio é o programa de sócio-torcedor do clube, que tem mais de cem mil cadastrados.
Os planos alviverdes são atraentes para os torcedores. Alguns planos cobram só mensalidade e não os valores dos ingressos dos jogos.
Já o São Paulo não conta com um programa de sócio-torcedor tão popular. É oitavo clube no ranking, com cerca de 53 mil cadastrados.
Além disso, a tentativa da diretoria de incentivar a adesão dos torcedores não foi bem recebida. Na Libertadores, torneio mais valorizado pelos torcedores, os ingressos mais baratos foram fixados em R$ 200, sendo que os sócios podiam comprar por apenas R$ 40. Ao invés de estimular mais sócios, a decisão gerou protesto e deixou o estádio esvaziado.
Nos dois jogos que fez pela Libertadores no Morumbi o público foi decepcionante: 16.689 contra o Danubio e 26.176 contra o San Lorenzo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber