Esportes

Em jogo fraco, Coritiba apenas empata contra o Prudentópolis

Da Redação ·
Coxa encontrou dificuldades diante do Prude (Foto da imagem: aRede.info)
Coxa encontrou dificuldades diante do Prude (Foto da imagem: aRede.info)

Era a partida entre o vice-líder contra o lanterna do Paranaense, mas a diferença na tabela de classificação entre Coritiba e Prudentópolis não resultou em uma partida tranquila para o Alviverde que não apresentou o seu melhor futebol e ficou apenas no empate sem gols.

Poupando alguns jogadores pensando na Copa do Brasil, o técnico Marquinhos Santos promoveu a estreia de alguns jogadores que não estavam tendo muitas chances no time. A falta de ritmo e o forte calor em Prudentópolis fez com que o Alviverde não repetisse a mesma atuação no Atletiba e empatasse pela primeira vez na competição.

Com o empate, o Verdão perdeu uma posição e agora está em terceiro lugar com 14 pontos. Na próxima rodada, o Coxa tem um confronto direto pela vice-liderança contra o Londrina no domingo (08), às 18h30, mas antes na quarta-feira (04), estreia na Copa do Brasil diante do Villa Nova-MG. Já o Prude pontuou pela primeira vez no estadual e agora enfrenta o FC Cascavel, fora de casa.  

Com as mudanças realizadas pelo técnico Marquinhos Santos, jogadores como Bonfim, Lucho Cáceres e Rodolfo ganharam a primeira oportunidade como titular, mas o que se viu nos primeiros 45 minutos foi um Coxa que sentiu falta dos atletas que foram poupados, principalmente o lateral-esquerdo Carlinhos, que é considerado um dos melhores do estadual.

O esquema armado foi o mesmo do Atletiba, mas a qualidade técnica não foi das melhores na etapa inicial e as duas equipes pouco tiveram oportunidades. Se o Prudentópolis fez com que o goleiro Vaná fosse um mero telespectador, o Coxa levou perigo apenas nos cinco minutos finais na bola parada quando o goleiro Doni fez três defesas sensacionais em lances dos zagueiros Luccas Claro e Welinton. Travessão evita a vitória do Prudentópolis Insatisfeito com a atuação do time, Marquinhos Santos realizou as três substituições com menos de 15 minutos de jogo e parecia que as mudanças iam surtir efeito na equipe coxa-branca.

Negueba, um dos atletas que entrou, quase abriu o marcador, mas pegou de canela na bola e mandou por cima do gol. Tudo indicava que o Coritiba não teria dificuldades para sair com a vitória e o gol era questão de tempo. Porém, o time caiu bruscamente de rendimento e ainda viu o Prudentópolis crescer na partida. O atacante Adinil foi o grande responsável pelo crescimento do time da casa e só não fez o gol, porque a bola caprichosamente bateu no travessão. Após a saída de Adinil, o Prude perdeu poderio ofensivo, mas no último lance, Luciano cabeceou na trave e quase garantiu a vitória do time da casa. 

continua após publicidade


Informações da Rádio Banda B