Esportes

Melhor ataque do Paulista, e São Paulo empata sem gols

Da Redação ·
 Melhor ataque do Paulista, e São Paulo empata sem gols - Foto: arquivo/imagem ilustrativa
fonte: Divulgação/Vippcom
Melhor ataque do Paulista, e São Paulo empata sem gols - Foto: arquivo/imagem ilustrativa

MARCELO SALTON
SÃO PAULO, SP - Em um jogo de raros momentos de emoção, o São Paulo empatou por 0 a 0 com o Rio Claro, no estádio Augusto Schmidt, em Rio Claro, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Mesmo jogando em casa, o Rio Claro teve uma postura defensiva desde o começo do jogo. A iniciativa foi do São Paulo, mas o time de Muricy Ramalho esbarrou na falta de criatividade e de intensidade.

Assim, a melhor chance da primeira etapa só poderia ter surgido em cobrança de falta. Aos 37min, Rogério Ceni chutou perto ao ângulo direito do gol defendido por Richard.

Depois do intervalo, o time do interior abandonou a cautela e passou a atacar o São Paulo. Mas nem mesmo com mais espaços os são-paulinos balançaram as redes do adversário.
Na primeira grande chance do segundo tempo, aos 17min, Michel Bastos aproveitou sobra na entrada da área, passou por um defensor e bateu forte, rente ao poste esquerdo da meta de Richard.
Aos 28min, Jonathan Cafu avançou em velocidade pela direita e encontrou Alan Kardec dentro da área. O camisa 14 concluiu bem, mas o goleiro Richard fez excelente defesa.
O resultado mantém o clube do Morumbi na liderança isolada do Grupo 1, com 17 pontos. Já o Rio Claro tem oito e ocupa o terceiro lugar do Grupo 2.
As duas equipes só voltam a jogar no próximo fim de semana. No domingo (8), o São Paulo recebe o Corinthians no Morumbi. Um dia antes, o Rio Claro viaja até Itu, onde enfrenta o Ituano no estádio Novelli Júnior.

continua após publicidade

RIO CLARO
Richard; Vinícius Bovi, Gilberto, Pitty e Renan Luis; Alê, Nando Carandina, Matheus (Patrik) e Guaru (Nenê Bonilha); Paulinho e Rodolfo (Dennis Murillo). T.: Buião
SÃO PAULO
Rogério Ceni, Auro, Lucão, Edson Silva e Reinaldo; Souza, Thiago Mendes, Michel Bastos (Ewandro) e Centurión (Boschilla); Alexandre Pato (Cafu) e Alan Kardec. T.: Muricy Ramalho
Estádio: Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP)
Público: 5.436 pagantes
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Vicente Romano e Fausto Augusto Viana
Cartões amarelos: Renan Luis (RCL); Michel Bastos (SAO)