Esportes

Mais rápido do dia, Massa diz que Williams não estava escondendo jogo

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

BARCELONA, ESPANHA - Pela primeira vez nesta pré-temporada da F-1, a Williams fechou um dia com o melhor tempo. 

continua após publicidade

O responsável foi o brasileiro Felipe Massa, que marcou sua melhor volta em 1min23s500 e ficou exatos 0s776 à frente de Marcus Ericsson, da Sauber, o segundo mais rápido da quinta-feira em Barcelona. 

O tempo de Massa foi ainda o melhor já marcado em cinco dias de testes no circuito de Montmeló. 

continua após publicidade

A melhor volta na pista catalã até então havia sido anotada por Romain Grosjean, da Lotus, em 1min24s067, no último domingo (22). 

Segundo o piloto brasileiro, a Williams não estava "escondendo o jogo" até aqui e sim se focando em outras coisas durante os oito primeiro dias de ensaios desta pré-temporada da F-1. 

"A gente estava trabalhando em outras coisas, como estava na nossa programação. A gente estava se focando no acerto do carro, por exemplo. Hoje foi a primeira vez que a gente tentou fazer o melhor tempo do dia e usamos tudo o que tínhamos para isso", afirmou. 

continua após publicidade

Massa, que completou 103 voltas, afirmou ainda que, apesar de estar satisfeito com o carro, é cedo para festejar. 

"Fizemos ótimos tempos e me senti bem no carro. Mas não podemos esquecer que a Mercedes é uma equipe forte e não mostrou do que é capaz ainda. O importante é que não tivemos nenhum problema no carro desde o início dos testes em Jerez e agora temos que usar estes três dias que ainda faltam de testes para nos prepararmos para a abertura do Mundial [no dia 15, na Austrália]", completou o piloto da Williams. 

A terceira colocação neste primeiro dia da última sessão de testes de inverno da F-1 ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes. 

continua após publicidade

O inglês teve de encerrar o dia de testes mais cedo depois de sofrer um problema em um dos componentes do motor de seu carro. 

Hamilton fechou a quinta-feira com 48 voltas completadas, a melhor delas em 1min24s881. 

continua após publicidade

A quarta melhor volta do dia foi de Daniil Kvyat, da Red Bull, seguido por Romain Grosjean, da Lotus. 

Kimi Raikkonen colocou a Ferrari na sexta colocação ao marcar 1min26s327. 

Carlos Sainz, da Toro Rosso, fez o sétimo melhor tempo do dia e Jenson Button, da McLaren, o oitavo. 

O inglês fez sua melhor tentativa em 1min31s479 e teve de abandonar os treinos após sete voltas. Uma falha hidráulica fez com que a Honda tivesse de trocar a unidade de potência, encerrando o trabalho da McLaren nesta quinta-feira (26) ainda pela manhã. 

Os testes em Barcelona continuam até domingo (1º).