Esportes

Ricciardo põe Red Bull em 1º, e Massa é o 3º em Barcelona

Da Redação ·
Foto: Foto Studio Colombo/ Pirelli
Foto: Foto Studio Colombo/ Pirelli

BARCELONA, ESPANHA - As quatro horas de treino na parte da tarde em Barcelona não foram suficientes para que nenhum dos pilotos na pista melhorassem o tempo marcado por Daniel Ricciardo na parte da manhã em Barcelona. 

continua após publicidade

Com isso, o piloto da Red Bull fechou na frente o segundo de quatro dias de ensaios da pré-temporada da F-1 no circuito de Montmeló. 

Kimi Raikkonen, da Ferrari, ficou apenas dez centésimos atrás do piloto australiano. 

continua após publicidade

Felipe Massa completou o treino com o terceiro melhor tempo do dia ao marcar 1min24s672. 

O piloto da Williams fez 88 voltas nesta sexta-feira e volta a testar neste sábado, ao lado de Valtteri Bottas. 

Sergio Perez colocou a Force India na quarta colocação, imediatamente à frente de Lewis Hamilton, da Mercedes. 

continua após publicidade

O atual campeão mundial, que abandonou os treinos ontem por causa de uma febre alta, testou apenas na parte da tarde, no lugar de Nico Rosberg. 

O alemão, que está com uma inflamação em um nervo do pescoço preferiu se poupar para voltar ao carro no domingo. 

"Eu troquei a posição do banco do meu carro, mas acabei tendo este problema no pescoço por conta disso, então tivemos que voltar ao banco que usava no ano passado. É uma pena porque eu me sentia mais confortável no novo, mas meu pescoço não acha o mesmo", explicou Rosberg, que anunciou nesta manhã que sua mulher, Vivian, está grávida do primeiro filho do casal. 

continua após publicidade

Rosberg fechou o dia com o sexto melhor tempo, imediatamente atrás da marca registrada por Hamilton (1min24s923 do inglês contra 1min25s556). 

Apesar de esperar ter mais problemas nesta sexta-feira, a McLaren teve um dia bastante produtivo e Fernando Alonso conseguiu completar 59 voltas, melhor marca do time inglês nesta pré-temporada. 

O piloto espanhol completou o dia com a sétima melhor volta. 

Joylon Palmer, da Lotus, ficou com o oitavo tempo do dia, seguido por Marcus Ericsson, da Sauber. Carlos Sainz fechou a folha de tempos e colocou a Toro Rosso na décima colocação.