Esportes

Corinthians culpa prefeitura por dívida do Itaquerão

Da Redação ·
Foto: Danilo Borges e Gabriel Fialho/Portal da Copa/ME
Foto: Danilo Borges e Gabriel Fialho/Portal da Copa/ME

SÃO PAULO, SP - O Corinthians emitiu uma nota oficial nesta sexta-feira (20) e culpou a Prefeitura de São Paulo pelos atrasos na obra do Itaquerão e endividamento do clube.

continua após publicidade

De acordo com a nota, o novo presidente corintiano, Roberto de Andrade, eleito no último dia 7, ainda "encontra dificuldades para compreender a parceria com a Prefeitura de São Paulo, no acordo firmado para a liberação dos CIDs ( Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento)". "Até agora, ao contrário do que determina o acordo, o Corinthians não viu a cor do dinheiro", diz a nota.

O acordo entre o Corinthians e a prefeitura foi fechado na gestão de Gilberto Kassab para a liberação de R$ 420 milhões na forma de CIDs. 

continua após publicidade

Na nota, o Corinthians diz que se a questão não for resolvida com rapidez, o "endividamento crescente começará a afetar a contratação de bons jogadores.

Na nota, a nova diretoria corintiana diz que ainda teme pela realização das partidas de futebol da Rio-2016 previstas para ocorrer no estádio. 

Na última sexta-feira (13), a Folha de S.Paulo divulgou que o Itaquerão e no novo estádio do Palmeiras já foram praticamente aprovados pela Fifa para os Jogos Olímpicos do Rio. O anúncio oficial sairá em março.