Esportes

Feijão derrota rival esloveno e avança às quartas no Rio Open

Da Redação ·
Vitória sobre o esloveno garantiu ao brasileiro uma vaga nas quartas de final do Rio Open (Foto: Divulgação/Brasil 2016)
Vitória sobre o esloveno garantiu ao brasileiro uma vaga nas quartas de final do Rio Open (Foto: Divulgação/Brasil 2016)

O paulista João Souza, o Feijão, conquistou, no final da noite dessa quarta-feira (18), mais um ótimo resultado, desta vez no Rio Open, evento da série ATP 500 (que distribui 500 pontos para o ranking ao campeão e US$ 1,5 milhão em premiação total).

continua após publicidade

Ele já havia avançado à semifinal do Brasil Open – torneio da série ATP 250, disputado em São Paulo, na semana passada – e com isso subido 22 posições no ranking mundial, chegando ao posto de número 88 do mundo.

Jogando diante do esloveno Blaz Rola, um rival que havia vencido todas as três partidas disputadas entre os dois, Feijão protagonizou um duelo emocionante e, empurrado pela torcida, conseguiu superar vários momentos tensos em quadra. 

continua após publicidade

Após vencer o primeiro set por 6/4, Feijão salvou seis set points do rival no segundo set e ainda teve três match points no tiebreak, mas não conseguiu evitar a vitória do esloveno por 9/7 no desempate.

No lance mais incrível da partida, quando teve seu terceiro match point, o brasileiro sacou bem, mas, na sequência, errou um vôlei considerado fácil para a maioria dos tenistas, que poderia ter sacramentado a vitória.

No terceiro set, o jogo continuou equilibrado, mas Feijão conseguiu se impor e fechou a partida com vitória por 6/4 para avançar às quartas de final. “Quando acabou o tiebreak eu tinha que eliminar da minha cabeça o voleio fácil que errei, senão eu não ia conseguir virar o jogo", declarou o paulista. 

continua após publicidade

O próximo rival de Feijão, nesta sexta-feira (20.2), em horário ainda não divulgado, será o austríaco Andreas Haider-Maurer (74º do ranking), que eliminou com facilidade o espanhol Tommy Robredo, cabeça de chave número 3 do Rio Open, por 2 x 0, parciais de 6/3 e 6/2. Será a primeira partida entre Feijão e Haider-Maurer.

Torneio feminino

Pelo torneio feminino do Brasil Open, a gaúcha Gabriela Cé foi eliminada na segunda rodada em um jogo duro contra a sueca Johanna Larsson, cabeça de chave 5, por 2 x 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4.

continua após publicidade

Na estreia, Cé havia conquistado sua primeira vitória no circuito WTA (eventos de primeira linha do tênis feminino) contra a francesa Pauline Parmentier.

“Os dois jogos aqui foram contra tops 100 e consegui ter um nível de igual para igual com elas. É seguir neste caminho e oscilar menos mentalmente para dar o próximo passo”, analisou a 261ª do ranking mundial.

continua após publicidade

Duplas 

Pelas duplas masculinas do Brasil Open o País perdeu nesta quarta-feira uma de suas esperanças de título. O mineiro Marcelo Melo, número 4 do ranking mundial de duplas e contemplado com a Bolsa Pódio do governo federal, se contundiu momentos antes de entrar em quadra e acabou eliminado da competição. 

Melo, atual vice-campeão de duplas do Rio Open, jogou visivelmente debilitado ao lado de seu parceiro, o austríaco Julian Knowle, e, com isso, seu time não conseguiu se impor diante do time formado pelo espanhol Pablo Andujar e o austríaco Oliver Marach.

continua após publicidade

Com Melo tendo que pedir constantes atendimentos médicos, o brasileiro e o austríaco perderam por 2 x 0, com parciais de 6/0 e 6/3.

“Após o treino da tarde, fui abaixar para pegar meu tênis no chão depois do banho e senti a coluna travar. Fiz vários tratamentos, mas estava limitado e nem consegui levar a raqueteira para a quadra. Entrei para jogar porque são raras as oportunidades de disputar um torneio no Brasil”, explicou Melo.

Brasileiros em quadra

Cinco brasileiros entram em quadra nesta quinta-feira (19).

Às 11h, Bia Haddad Maia a eslovena Polona Hercog começaram o jogo pela segunda rodada. Não antes das 14h, pela chave de duplas feminina, Bia Haddad Maia e Teliana Pereira enfrentam a romena Elena Bogdan e a norte-americana Nicole Melichar.

Pela chave masculina de duplas, Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya enfrentam, não antes das 16h45, o italiano Paolo Lorenzi e o argentino Diego Schwartzman.

À noite, na última partida da rodada (por volta das 21h), João Souza e André Sá enfrentam o espanhol Pablo Andujar e o austríaco Oliver Marach.