Esportes

'Não podemos deixar o fiasco de 50 se repetir', diz Lula

Da Redação ·

Para evitar um fiasco na Copa do Mundo de 2014, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, em tom de brincadeira, que o Brasil não deve descartar nem mesmo uma manobra nos bastidores para sair vencedor da competição que será realizada no País.

continua após publicidade

Lula "defendeu" que uma eventual partida da seleção que esteja mostrando um placar adverso seja suspensa pelo presidente que estiver no poder em quatro anos. "Pelo amor de Deus. Não podemos de deixar que o fiasco de 1950 se repita. Quem estiver na presidência precisará suspender o jogo e dar um empate técnico às equipes. Aí levaremos para uma mesa de negociação para tentar dar uma solução", brincou Lula.

continua após publicidade

O presidente usou sua conferência de imprensa com o presidente da África do Sul, nesta sexta-feira em Pretória, para deixar claro que não vai aceitar que o resultado de 1950 se repita em quatro anos. "Trazemos uma marca profunda da derrota de 1950. Éramos a melhor seleção da Copa. Mas foi impressionante ver 200 mil pessoas chorando", disse.