Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

PM admite ter atirado e matado jovem durante briga de torcida no RS

.

PORTO ALEGRE, RS - Um policial militar afirma ter atirado em legítima defesa contra um torcedor que acabou morto em meio a uma briga após a saída de um jogo do Campeonato Gaúcho na noite de domingo (1º), em Novo Hamburgo (RS). 

Maicon Doglas da Silva, 16, foi baleado durante uma confusão entre torcedores dos times do Novo Hamburgo e do Aimoré. 

De acordo com o tenente-coronel da Brigada Militar (a PM gaúcha) Luiz Fernando Rodrigues, da Brigada Militar, o policial militar disse que "reagiu" porque houve uma ameaça de "violência grave" contra ele. 

O soldado, que não teve o nome divulgado, foi afastado do policiamento de rua. A Polícia Civil e a Brigada investigam o caso. 

Segundo Rodrigues, a briga foi promovida por adolescentes de gangues que acompanharam a partida e que marcam confrontos pela internet.

Em uma estação de trem próxima, paus e pedras foram usadas durante a confusão. "São grupos rivais independentes do futebol. Mas aproveitam o evento", diz. 

O Novo Hamburgo e o Aimoré, da cidade de São Leopoldo, são times rivais da região metropolitana de Porto Alegre. Apenas 3.000 pessoas assistiram ao jogo de domingo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber