Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Brasil não segura artilheiro e sofre nova derrota

.

DOHA, QATAR - A seleção brasileira não conseguiu parar o artilheiro do Mundial de handebol e perdeu (35 a 32) para a Eslovênia, nesta quarta-feira (21), em Doha, capital do Qatar. Esta foi a partida em que o Brasil mais tomou gols no torneio. 

Com a terceira derrota em quatro jogos, o Brasil passou a depender da vitória contra o Chile, na sexta (23), às 12h (de Brasília), em Lusail, para passar de fase na quarta colocação do grupo. Com quatro derrotas, os chilenos já estão eliminados do Mundial. 

No grupo brasileiro, Qatar, Espanha e Eslovênia já estão garantidas nas oitavas de final. Belarus enfrentará os donos da casa ainda com chance de avançar. 

Nas oitavas de final, segunda-feira (25), caso se classifiquem, os brasileiros devem enfrentar Croácia ou Macedônia.  


O JOGO 

O Brasil equilibrou a partida contra a Eslovênia, quarta colocada no último Mundial, durante os dez primeiros minutos de jogo. Na sequência, viu os europeus dominarem toda a partida até os dez minutos finais, quando voltou a empatar e até a virar o placar em alguns momentos. 

A tensão permaneceu até os segundos finais da partida. Mas os eslovenos levaram a melhor, aproveitando melhor os últimos ataques.  

Na maior parte do jogo, porém, a seleção eslovena esteve à frente. O artilheiro do campeonato, o ponta Dragan Gajic, 30, não foi parado nem pela defesa (muitas vezes individual) nem pelos goleiros brasileiros, Rick e Bombom, que se revezaram na partida.

Companheiro do brasileiro Felipe Borges na equipe francesa do Montpellier, Gajic iniciou a partida com 27 gols. Marcou mais 12 contra o Brasil e lidera a tabela de artilharia até o momento, com 39. 

Borges, aliás, foi novamente o artilheiro do Brasil no jogo, com sete gols. Os armadores Thiagus e Zé foram outros destaques na equipe comandada pelo espanhol Jordi Ribera. 

A melhor colocação do Brasil em um Mundial foi a 13ª posição, na última edição, em 2013, na Espanha. A meta para o campeonato no Qatar é superar este resultado. 

(*) O repórter MARCEL MERGUIZO viaja a convite da organização do Mundial.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber