Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Novo lateral do São Paulo, Bruno diz que precisa trabalhar lado defensivo

.

SÃO PAULO, SP - O São Paulo apresentou na manhã desta terça-feira (13) o lateral direito Bruno, 29, que defendeu o Fluminense no Campeonato Brasileiro, com expectativa de resolver o setor direito de sua defesa. 

O time tricolor sofreu nos últimos anos com jogadores que não conseguiram se firmar na posição. O último com passagem de sucesso foi Ilsinho, em 2007. 

Nem mesmo Douglas, negociado em agosto do ano passado com o Barcelona, teve passagem considerada de sucesso. Os torcedores pegavam no pé do lateral direito. 

"O Bruno teve uma passagem brilhante pelo Fluminense. Já está ambientado no São Paulo, treinando com a equipe. Temos confiança que ele vai dar retorno ao São Paulo. Nossa pretensão imediata é conquistar títulos", disse Rubens Moreno, diretor de futebol, em entrevista coletiva. 

Bruno, no entanto, teve um discurso mais modesto. Disse que precisa trabalhar para conquistar a vaga de titular na equipe. Hoje, o São Paulo conta com Auro e Luis Ricardo na posição --Paulo Miranda e Hudson, ambos improvisados no setor no ano passado, são zagueiro e volante, respectivamente. 

"O elenco do São Paulo tem muita qualidade, inclusive na minha posição. Preciso trabalhar bastante porque o dia a dia é que vai fazer a diferença", disse o jogador. 

Bruno também falou sobre planos para melhorar defensivamente, uma vez que é conhecido por ter como ponto forte o aspecto ofensivo. 

"Já venho trabalhando esse aspecto. Preciso melhorar na marcação, ajudar a defesa e depois atacar. O time já tem bastante qualidade nos jogadores de meio e ataque", disse. 

O lateral direito ainda falou sobre a possibilidade de jogar com Carlinhos, 27, que é lateral esquerdo e também defendeu o Fluminense no ano passado. Os dois, inclusive, vão ser companheiros de quarto no São Paulo. 

"Temos uma sintonia desde a época do Fluminense. A gente sabe que quando um ataca o outro tem de segurar mais na defesa. Já fazíamos assim na época do Fluminense", explicou Bruno. 


UM TOQUE 

Durante a manhã desta terça (13), Muricy Ramalho comandou um treino tático, em campo reduzido, no centro de treinamento da Barra Funda, em São Paulo. 

Dividiu os jogadores em vários grupos e, aos gritos de "um toque", cobrava que cada um recebesse a bola e a despachasse com apenas um toque.

Conforme os jogadores foram acertando os passes e o posicionamento, o treinador se empolgou. "Maravilha, maravilha. Tá bonito", disse Muricy no campo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber