Esportes

Ricardo Teixeira põe em risco uso de Kaká e Robinho

Da Redação ·
 Ricardo Teixeira dá sinais que Robinho e Kaká podem estar fora da seleção
fonte: DJALMA VASSÃO / Gazeta Press
Ricardo Teixeira dá sinais que Robinho e Kaká podem estar fora da seleção

Pelo discurso de Ricardo Teixeira, presidente da CBF, nesta segunda-feira (5), dois dos maiores craques brasileiros dos últimos anos estão com os dias contados na seleção brasileira.

continua após publicidade

Kaká e Robinho terão, respectivamente, 32 e 30 anos em 2014, e estariam longe do grupo que o cartola diz ser ideal para a disputa do Mundial no Brasil. Teixeira quer uma seleção de garotos, que fujam, principalmente, da imagem de fracasso deixada pela equipe brasileira nas duas últimas Copas.

continua após publicidade

E não é o caso de Kaká e Robinho. Em 2006, na Alemanha, a dupla fez parte do fiasco que o Brasil protagonizou ao ser eliminado nas quartas de final após derrota por 1 a 0 para a França. Na época, porém, eles foram poupados das críticas que atingiram principalmente Ronaldo, Adriano, Ronaldinho Gaúcho, Roberto Carlos, e o técnico Parreira, que teria sido conivente com baladas e jogadores acima do peso.

continua após publicidade

Gaúcho teve sua segunda chance na Olimpíada de Pequim, em 2008. Fracassou na semifinal, com derrota por 3 a 0 para a Argentina, e a medalha de bronze conquistada depois de vitória por 3 a 0 sobre a Bélgica não foi suficiente para garantir o atacante na Copa de 2010.

A queda na Olimpíada afastou Ronaldinho da seleção neste Mundial, e fez cair sobre Kaká e Robinho um peso que eles provaram que não estavam prontos para carregar. Se tivessem sido campeões na África do Sul, seriam eles os responsáveis por guiar a próxima geração do Brasil na Copa de 2014.

continua após publicidade

Como a história foi bem diferente disso, Teixeira já deixou claro que irá contratar um técnico que trabalhe exclusivamente com garotos na seleção principal. E a dupla pode perder a concorrência para os atletas que estarão em campo no Brasil daqui a quatro anos.

continua após publicidade

Neymar e Ganso deverão evitar “Maracanazzo” em 2014

Principais nomes da nova geração brasileira, Paulo Henrique Ganso e Neymar, do Santos, são os mais cotados para evitarem um novo “Maracanazzo”, em 2014. Ganso terá 24 anos na próxima Copa, e Neymar, 22. Juntos, os dois levaram o Santos ao título do Campeonato Paulista e à final da Copa do Brasil. Encantaram torcedores de todas as equipes com goleadas por 8, 9 e 10 gols.
Seria natural, portanto, aparecerem na lista de jogadores convocados para o próximo amistoso do Brasil, em 10 de agosto, contra os Estados Unidos.

Outro jovem que deve ser presença certa é o meia Phillipe Coutinho, do Vasco. O garoto também está com 18 anos, e já foi vendido para a Inter de Milão. Deve se apresentar ao clube italiano só no fim de 2010, mas pode ver seu nome na próxima lista da seleção, já feita pelo novo treinador da equipe.