Esportes

Santos cancela eleição presidencial após suspeita de fraude

Da Redação ·
O suspeito de fraude, identificado como Ananias (foto), foi retirado da Vila Belmiro - Foto: Samir Carvalho/UOL Esporte
O suspeito de fraude, identificado como Ananias (foto), foi retirado da Vila Belmiro - Foto: Samir Carvalho/UOL Esporte

As eleições presidenciais do Santos foram canceladas por suspeita de fraude. As 10 urnas eletrônicas colocadas para a eleição presidencial do Santos tiveram problemas técnicos e não funcionaram na Vila Belmiro. As informações são do UOL. Foi decidido que a votação seria por cédulas. Mas não tardou para dar confusão na opção pelo voto no papel.

continua após publicidade

Um mesário foi acusado de oferecer duas cédulas para sócio da situação. O incidente gerou interrupção da votação. A urna 7 foi retirada e o mesário impedido de prosseguir o trabalho. Por conta da acusação de fraude, foi entendido que seria necessária uma nova eleição, marcada para o próximo sábado, às 10h.

O aviso do cancelamento provocou revolta nas centenas de associados presentes no Salão de Mármore do clube. Muitos ficaram horas sob sol intenso na rua Princesa Isabel.

continua após publicidade

Eram esperados 8 mil sócios neste sábado para escolher o presidente que governará o Santos pelos próximos três anos.

Associados de chapas opositoras acusam os organizadores da eleição de provocar pane proposital das máquinas. Segundo eles, o objetivo do atraso era cansar sobretudo sócios idosos na fila, fazendo com que alguns santistas desistissem de votar.

Confira matéria completa AQUI