Esportes

Hamilton festeja bicampeonato com jantar em família e sem ressaca

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

TATIANA CUNHA, ENVIADA ESPECIAL
ABU DHABI, EMIRADOS ÁRABES - O primeiro dia de Lewis Hamilton como bicampeão mundial de F-1 começou bem mais cedo do que o piloto da Mercedes planejava.

continua após publicidade

A equipe alemã organizou uma entrevista coletiva com o inglês às 9h no resort em que ele se hospedou em Abu Dhabi para que ele pudesse pegar um voo no início da tarde para a Inglaterra.

"Honestamente não sei porque marcaram isso tão cedo. Acho que meu voo é só às 16h, então eu podia ter dormido um pouco mais. Pelo menos só tomei um drinque ontem à noite e não estou em um estado tão ruim quanto o Toto [Wolff, chefe da Mercedes]", brincou Hamilton, sentado ao lado do chefe.

continua após publicidade

"Minha noite foi longa porque ainda fiquei muito tempo na pista tentando falar com todo mundo da equipe. A atmosfera estava incrível e dava para sentir uma energia positiva muito boa e um clima de felicidade em todo mundo", disse o inglês, que venceu o GP de Abu Dhabi no domingo e chegou à marca de 11 triunfos na temporada --Nico Rosberg, seu companheiro de time e único piloto que podia impedir seu bicampeonato, teve problemas no carro e foi apenas o 14º.

"Mais tarde voltei para o hotel com minha família e minha namorada e jantamos e ficamos conversando e relembrando onde tudo começou, dos tempos que a gente jantava sopa de frango no trailer do meu pai nos finais de semana que eu corria de kart. Só mais tarde fomos para a festa e quando cheguei o Toto estava enlouquecido", provocou de novo o chefe, às gargalhadas.

Hamilton, que já havia sido campeão em 2008, afirmou que a conquista deste domingo foi mais especial do que a primeira.

continua após publicidade

"Acho que estou num momento melhor da minha vida e desta vez parece que estou aproveitando mais. Conquistar aquele primeiro título foi excepcional porque era a realização de um sonho de uma vida. Mas acho que agora entendo e consigo aproveitar mais", disse o bicampeão.

"Certamente não parei por aqui. Vou continuar acelerando o máximo que puder e ainda tenho muito a aprender", completou Hamilton.