Esportes

Romário diz que Neymar fará mais gols, mas se vê "insuperável"

Da Redação ·
Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados
Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados

SÃO PAULO, SP - O ex-atacante Romário afirmou que Neymar vai superá-lo no ranking de artilheiros da seleção brasileira. O atual camisa 10 da equipe de Dunga, que está com 22 anos, marcou 42 gols com a camisa do Brasil, 13 a menos que o atual deputado, eleito senador pelo Rio de Janeiro.

continua após publicidade

"Vai [me superar]. Em relação a gols na seleção, vai", afirmou Romário, em entrevista à revista "Trip".

Neymar é o sexto maior artilheiro da seleção, atrás de Pelé, 77 gols, Ronaldo, 62, Romário, 55, e Zico, 48.

continua após publicidade

Apesar dos elogios ao jovem atacante, o Romário reiterou que, mesmo assim, sempre será maior que o jogador do Barcelona.

"Romário é insuperável. [Neymar] vai fazer mais gols, só. Talvez chegue aos mil gols. Mas ser igual Romário ninguém vai ser, não [risos]. Ele tem tudo para ser maior do que o Messi. Messi já está na história de alguma forma. Neymar pode entrar para a história de um jeito mais completo. Messi talvez nem tenha mais uma Copa para disputar e vencer. Neymar tem mais três ou quatro para disputar", disse o senador eleito.

Com os quatro gols marcados contra o Japão no mês passado, Neymar igualou uma marca de Romário de 14 anos atrás. A última vez que um jogador fez quatro gols em uma mesma partida oficial do Brasil foi em 8 de outubro de 2000, em jogo pelas Eliminatórias da Copa de 2002. Romário fez quatro gols na goleada por 6 a 0 da seleção brasileira sobre a Venezuela.