Esportes

Marussia sucumbe à crise financeira na F1 e encerra atividades

Da Redação ·
Equipe russa deixa a categoria, mas pode continuar em 2015 como Manor F1 - Foto: AFP PHOTO / TOSHIFUMI KITAMURA
Equipe russa deixa a categoria, mas pode continuar em 2015 como Manor F1 - Foto: AFP PHOTO / TOSHIFUMI KITAMURA

A equipe Marussia está deixando a Fórmula 1. Nesta sexta-feira, a escuderia deixou de pagar seus compromissos financeiros e abandonou as possibilidades de voltar à categoria.

continua após publicidade

Sem o apoio financeiro da Marussia Motors, montadora russa que dá nome ao time, a Marussia deixou de correr os Grandes Prêmios de Estados Unidos e Brasil. A expectativa era que o time, sob administração financeira judicial, retornasse em Abu Dhabi – possibilidade descartada nesta sexta-feira.

"Os administradores acabam de encerrar as negociações pela equipe Marussia e, infelizmente, nós tivemos que liberar os empregados restantes", disseram os administradores da escuderia em comunicado oficial. Segundo a nota, o grupo não tinha "uma operação sustentável ou estrutura financeira" para manter as atividades.

continua após publicidade

Geoff Rowley, um dos atuais administradores, anunciou o adeus da Marussia à categoria. "É lamentável que um negócio com tantos admiradores no Reino Unido e no mundo todo tenha que encerrar seus negócios e fechar as portas", disse.

"Embora a equipe tenha feito significativo progresso em curto período de tempo, manter uma equipe de F1 exige constantes investimentos. Infelizmente, nenhuma solução foi encontrada para permitir que os negócios continuassem", acrescentou.

Confira matéria completa AQUI