Esportes

Felipe Massa perdoa equipe enquanto "campeões" se irritam na Fórmula 1

Da Redação ·
Oitavo no grid, Massa espera 'bons pontos' na Hungria- Foto: Divulgação
Oitavo no grid, Massa espera 'bons pontos' na Hungria- Foto: Divulgação

O GP dos EUA terminou com pouca gente satisfeita. Com exceção de nomes como Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo, praticamente todos os pilotos deixaram o Circuito de Austin, no Texas, irritados com alguma coisa. Após a corrida, Vettel, Raikkonen, Alonso e até o vice-líder Rosberg reclamaram em declarações à imprensa.

continua após publicidade

As queixas variam de acordo com o nome em questão, mas em geral giram em torno do mau rendimento dos carros e a falta de perspectiva no campeonato. Hamilton, que venceu e colocou uma mão na taça, foi só sorrisos, assim como o terceiro colocado Ricciardo, que fez ótima prova de recuperação e firmou-se como terceira força da Fórmula 1 em 2014.

Curiosamente, um dos que mais teria motivos para fechar a cara resolveu perdoar. Felipe Massa era o terceiro colocado quando a Williams atrasou a segunda parada do brasileiro, fez um troca mais lenta que o normal e permitiu que ele fosse ultrapassado por Ricciardo. Mesmo assim, o piloto optou por não criar polêmica com a escuderia.