Esportes

Massa alcança topo da F-1 sem liderar nenhuma volta em 2010

Da Redação ·
 Massa à frente de Alonso na Malásia; espanhol está "na cola" do brasileiro
fonte: Foto por Diego Azubel/EFE
Massa à frente de Alonso na Malásia; espanhol está "na cola" do brasileiro

O equilíbrio entre os pilotos no início do Mundial de 2010 da Fórmula 1 fez com que o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, assumisse a liderança do campeonato sem liderar nenhuma volta nas três primeiras corridas do ano.

continua após publicidade

Massa tem 39 pontos, dois a mais do que o companheiro de equipe Fernando Alonso e que o alemão Sebastian Vettel (Red Bull). Jenson Button (McLaren) e Nico Rosberg (Mercedes), ambos com 35 pontos, além de Lewis Hamilton (McLaren, 31 pontos) e Robert Kubica (Renault, 30), também estão "na cola" do brasileiro.

continua após publicidade

Vettel é disparado quem mais liderou voltas no ano - foram 110 das 163. Mas o alemão, que largou na pole position no Bahrein e na Austrália, abandonou essas duas provas por problemas mecânicos e só foi vencer na Malásia.

continua após publicidade

Jenson Button, que ganhou o GP australiano, está em segundo, com 33 voltas lideradas, seguido por Alonso (vencedor no Bahrein, com 16 voltas) e pelo australiano Mark Webber (Red Bull), com quatro voltas fechadas na primeira colocação.

Massa alcançou o topo depois de ficar apenas na sétima posição no GP da Malásia, no domingo (4). Para isso, contou com o abandono Alonso, que teve um motor estourado já no final da corrida e que era o primeiro colocado no Mundial até então.

continua após publicidade

A vantagem do brasileiro da Ferrari, no entanto, é bem pequena, já que Alonso, Vettel, Button e Rosberg dependem de apenas uma vitória para assumir a liderança - o ganhador de cada corrida soma sete pontos a mais do que o segundo colocado em 2010 (25 contra 18).

A temporada também marca o início mais disputado nos últimos vinte anos, pois três pilotos de equipes diferentes venceram, o que não acontecia desde 1990.