Esportes

Dorival minimiza rivalidade e diz que Palmeiras precisa somar pontos

Da Redação ·
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

MARINA GALEANO

continua após publicidade

SÃO PAULO, SP - Embora o Palmeiras ainda não tenha vencido um clássico no Campeonato Brasileiro deste ano, Dorival Júnior diz que, neste momento, o mais importante para a equipe é somar pontos.

Às 16h20 de sábado (25), o time alviverde enfrenta o Corinthians no Pacaembu, pela 31ª rodada do torneio. E com um tabu a mais nas costas: há 19 anos, não vence o rival alvinegro nesse estádio -a última vez que isso aconteceu foi em setembro de 1995.

continua após publicidade

"Entendo que o torcedor fique preocupado com a questão dos clássicos. Mas é preciso saber que cada ponto somado vai ser fundamental. Independente do que venha acontecer, o Palmeiras está em busca de pontos", disse o treinador em entrevista coletiva nesta sexta (24), na Academia de Futebol.

Para Dorival, a equipe tem que focar nos três pontos em vez de se preocupar em derrubar tabus. Só assim dependerá apenas "das próprias pernas" até o fim da competição.

"Não estamos pensando na rivalidade. O nosso objetivo é abrir distância dessa posição que incomoda", afirmou.

continua após publicidade

Com 35 pontos, os palmeirenses ocupam a 14ª colocação da tabela, a apenas quatro pontos do Vitória, que abre a zona do rebaixamento. E, apesar de terem conquistado dez pontos nas últimas cinco rodadas, ainda correm riscos.

"Em um campeonato como o nosso, não dá para ter tranquilidade. Todo mundo está brigando por alguma coisa, não tem com relaxar, abaixar a guarda."

"Felizmente o Palmeiras tem conseguido mais resultados positivos, mas o nosso débito é muito grande. Não podemos nos dar ao luxo de ficar mais tranquilos, não temos ainda essa condição", alertou Dorival.