Esportes

Paraguai encara o embalado Japão no duelo por vaga nas quartas

Da Redação ·
  O atacante Roque Santa Cruz é uma das armas do Paraguai
fonte: AFP
O atacante Roque Santa Cruz é uma das armas do Paraguai

Após desbancar a Itália na primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul, terminando o Grupo F na primeira colocação, o Paraguai encara um adversário bem mais modesto nas oitavas de final. Trata-se do Japão, em duelo marcado para esta terça-feira, às 11h (de Brasília), no Estádio Loftus Versfeld, em Pretória.

continua após publicidade

Os paraguaios, porém, sabem que poderão encontrar problemas diante dos japoneses, que surpreenderam ao eliminar a Dinamarca com um triunfo por 3 a 1, assegurando a segunda posição do Grupo E.

continua após publicidade

Gerardo Martino, técnico do Paraguai, passou os últimos dias analisando os teipes dos jogos que o Japão realizou no Mundial até aqui. Na conversa com seus jogadores ele tem passado o que considera a lição mais importante que aprendeu sobre o rival: conter a velocidade dos japoneses.

continua após publicidade

- Para que a gente possa sair de campo com a vitória, vamos ter que tornar o time do Japão mais lento. Se deixarmos que eles consigam impor o ritmo da partida estaremos perdidos. Vamos precisar de muito equilíbrio para que as rédeas deste encontro fiquem nas nossas mãos.

Se a preocupação no Paraguai é conter a velocidade dos adversários, no Japão todo o time sul-americano é motivo de preocupação. O técnico Takeshi Okada chegou a deixar escapar nas entrevistas que lamentou o fato de cruzar com os paraguaios nas oitavas de final.

continua após publicidade

- Infelizmente não tivemos muita sorte na hora de sair esse cruzamento, pois vamos enfrentar um time que é uma verdadeira fortaleza em seu setor defensivo e que conta com muita qualidade do meio para frente. Vamos precisar tomar muito cuidado para que os paraguaios penetrem em nossa defesa. Ao mesmo tempo, vamos ter que encontrar achar a melhor maneira de ganhar o encontro.

continua após publicidade

Em relação aos times que vão a campo, Takeshi Okada não tem problemas e vai repetir a formação que derrotou os dinamarqueses. Pelo lado do Paraguai, Edgar Barreto e Jonathan Santana disputam a vaga de Víctor Cáceres, que vai ficar fora para cumprir suspensão por conta do acúmulo de cartões amarelos.

PARAGUAI X JAPÃO

Local: Estádio Loftus Versfeld, em Pretória (África do Sul) Data: 29 de junho de 2010 (Terça-feira) Horário: 11h (de Brasília) Árbitro: Franck de Bleeckere (Bélgica) Assistentes: Peter Hermans e Walter Vromans (ambos da Bélgica)

PARAGUAI: Villar; Caniza, Julio Cáceres, Da Silva e Morel; Riveros, Edgar Barreto (Jonathan Santana) e Vera; Valdez, Roque Santa Cruz e Cardozo Técnico: Gerardo Martino

JAPÃO: Kawashima; Abe, Nakazawa, Tulio Tanaka e Komano; Nagatomo, Okubo, Endo e Hasebe; Matsui e Honda Técnico: Takeshi Okada