Esportes

Webber e Kovalainen não admitem culpa em acidente

Da Redação ·

Se depender dos pilotos envolvidos no grave acidente que marcou o GP da Europa neste domingo, o ocorrido não terá culpados. Depois da prova em Valência, tanto o australiano Mark Webber, da Red Bull, como o finlandês Heikki Kovalainen, da Lotus, não admitiram culpa no episódio que aconteceu ainda no início da corrida, na nona volta.

continua após publicidade

"Eu estava muito mais rápido que o Heikki e daí muito, muito antes do ponto de freada ele freou, uns 80 metros antes, e neste momento eu sou um passageiro", alegou Webber. No acidente, o australiano literalmente atropelou o finlandês, passando por cima do carro da Lotus. A Red Bull de Webber chegou a ficar de ponta cabeça, mas desvirou antes de se chocar contra a barreira de pneus.

continua após publicidade

"O carro, graças a Deus, foi muito seguro", comemorou Webber. "Estou bem, eu perdi alguns pontos, mas no fim, quando você está lá (na pista), não está preocupado com os pontos, estava preocupado se eu estava bem e pronto para Silverstone", afirmou o piloto, já projetando a próxima etapa da temporada, na Inglaterra.

Kovalainen, por sua vez, culpou o australiano pelo acidente. "Eu não fiz nada de errado e ele simplesmente passou por cima de mim. Acho que ele perdeu o ponto de freada e veio na minha direção em um ângulo muito ruim. O seu pneu dianteiro acertou minha traseira e ele voou", relatou o finlandês, que também abandonou a corrida, assim como Webber.