Esportes

Brasileiras bate o Cazaquistão e continua invicta no Mundial de vôlei

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Brasileiras bate o Cazaquistão e continua invicta no Mundial de vôlei
Brasileiras bate o Cazaquistão e continua invicta no Mundial de vôlei

SÃO PAULO, SP - Não foi tão fácil quanto se imaginava antes da partida, mas a seleção brasileira feminina derrotou o Cazaquistão por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/22 e 25/18, nesta quarta-feira (1), na cidade italiana de Verona, e se manteve invicto no Mundial de vôlei.

continua após publicidade

Na estreia pela segunda fase do torneio, a equipe comandada por José Roberto Guimarães sofreu com os bloqueios da equipe cazaque. No primeiro set, a equipe do leste europeu marcou quatro pontos com esse fundamento, contra nenhum das brasileiras.

Com muitos erros de saque e dificuldades para marcar as adversárias, o Brasil enfrentou dois sets muito equilibrados, e só fechou as primeiras parciais em 25/22.

continua após publicidade

Apesar do trabalho inesperado contra um adversário considerado fraco, a equipe brasileira contou com a força de Jaqueline, melhor atacante do Mundial, e as defesas de Camila Brait para se manter à frente no placar.

Finalmente no terceiro set, o Brasil confirmou a superioridade, abriu boa vantagem e fechou a partida com um 25/18.

A partir desta fase, os treinadores podem pedir o desafio eletrônico, em alguns lances que considerem polêmicos. Nesta quarta-feira, José Roberto Guimarães conseguiu inverter um ponto dessa forma, e o técnico cazaque também conseguiu reverter uma marcação da arbitragem após a análise em vídeo.

Nesta quinta (2), a seleção brasileira volta a jogar às 15h, desta vez contra a Holanda. No final de semana, o time brasileiro faz seus dois jogos teoricamente mais difíceis, contra a Rússia, dia 4, e contra os Estados Unidos, no dia 5.