Esportes

Dorival faz mistério sobre escalação do Palmeiras e nega lista

Da Redação ·
Foto: arquivo
fonte: imagem ilustrativa arquivo TN
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - Avesso a mistérios nas escalações dos seus times, o técnico Dorival Júnior fechou o treino do Palmeiras na manhã desta quarta-feira (24) e não deu a menor pista dos titulares que enfrentarão o Vitória na quinta (25), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.
"Hoje, sinceramente, não vou abrir nada. Mas não teremos novidade nenhuma", disse o treinador em entrevista coletiva na Academia de Futebol. Há uma semana, ele havia afirmado que dificilmente esconde a formação de suas equipes.
Em relação ao time que perdeu por 6 a 0 para o Goiás no último domingo (21), quatro jogadores não poderão atuar: Diogo (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), Allione (expulso), Victorino (lesionado) e Josimar (transferido para a Ponte Preta).
Depois de cumprir suspensão pelo pisão em Amaral no duelo contra o Flamengo, Valdivia está novamente à disposição do comandante alviverde, mas também não foi confirmado entre os titulares. "Não sei", limitou-se a responder Dorival ao ser perguntado se o meia chileno iria jogar.
A partida contra o Vitória, às 19h30 desta quinta, no Pacaembu, vem sendo encarada como a chance para o Palmeiras dar início à urgente recuperação no Brasileiro. Com 22 pontos, o time é o lanterna da competição e enfrenta um adversário direto na briga pelo rebaixamento -o Vitória, 14º colocado, tem 24 pontos.
Mas, mesmo que isso sirva de motivação aos palmeirenses, Dorival reconhece que o momento vivido pela equipe -somado ao resultado desastroso no Serra Dourada- é extremamente delicado.
"Para todos nós, profissionais, é natural que exista uma vergonha íntima pelo que ocorreu. Só que não podemos ficar retornando toda hora a esse fato. Foi marcante, precisamos assumir nossa responsabilidade, mas temos que acreditar que ainda dependemos das nossas forças para sair dessa situação", declarou.
DISPENSAS E REFORÇOS
Em entrevista à rádio Bandeirantes nesta terça (23), Paulo Nobre, presidente do clube, afirmou que o elenco do Palmeiras será enxugado. Acertado com a Ponte Preta, o volante Josimar foi o primeiro a deixar o grupo.
Ao ser questionado sobre uma possível listas de dispensas, porém, Dorival Júnior despistou.
"Eu não formo lista de dispensas. Estaria sendo incoerente fazendo isso com apenas 18 dias de clube. Vamos conversar internamente. Os profissionais têm que ser respeitados".
Por outro lado, o técnico admitiu que o Palmeiras está à procura de reforços, principalmente nas divisões inferiores do futebol.
"O único mercado possível para a contratação são os mercados de Série B e C. É dentro disso, caso haja uma possibilidade, que vamos buscar um socorro", afirmou Dorival. 

continua após publicidade