Esportes

Menos mal que a diferença não aumentou, diz Kaká

Da Redação ·
Menos mal que a diferença não aumentou, diz Kaká
fonte: uolesporte.blogosfera.uol.com.br
Menos mal que a diferença não aumentou, diz Kaká

SÃO PAULO, SP - Após a derrota por 3 a 2 diante do Corinthians no domingo (21), o meia Kaká, do São Paulo, avaliou o clássico e disse que o time do São Paulo ainda está na briga pelo título, já que o Cruzeiro também perdeu.
"Menos mal que a diferença não aumentou. O jogo foi difícil, de igual para igual. Um clássico, detalhes. Fizemos gols de bola parada, eles fizeram dois de pênalti. O jogo, em si, foi de igual para igual", avaliou.

Além disso, o meia Kaká evitou comentar sobre a arbitragem, já que o Corinthians teve dois pênaltis a seu favor no jogo.

"A gente não pode falar nada mais, acabou o jogo. Por princípio, não gosto de comentar sobre arbitragem, porque não acho que se entra em campo condicionado a fazer o mal. Um dia, pode errar contra. Em outro, a favor", disse.

A atuação do árbitro Luiz Flávio de Oliveira irritou jogadores do São Paulo após a derrota por 3 a 2. Autor do primeiro gol do time tricolor no jogo, Souza foi um dos que mais reclamou na saída do gramado.

"Faltou a gente ter o árbitro do nosso lado. Não foi pênalti. E ele expulsou um jogador nosso ainda. Faltou ele dar um pênalti para gente. Ele conseguiu o queria, a vitória do Corinthians em casa. Parabéns para ele. Mas o Corinthians não pode esquecer que está dois pontos atrás da gente", disse.

O São Paulo é o vice-líder do Campeonato, com 42 pontos, sete pontos a menos do que o Cruzeiro. Já o Corinthians é o quarto, com quarenta pontos. 

continua após publicidade