Esportes

Holanda despacha Camarões e fica no caminho do Brasil

Da Redação ·
 Jogadores da Holanda comemoram gol de Van Persie contra Camarões
fonte: Do Uol
Jogadores da Holanda comemoram gol de Van Persie contra Camarões

Classificada com antecedência, graças às vitórias nas duas primeiras rodadas, a Holanda pôde ter um privilégio nesta quinta-feira: disputar uma espécie de “amistoso” contra Camarões, seleção eliminada precocemente da Copa do Mundo. E, em ritmo de treino, os holandeses venceram os camaroneses por 2 a 1, terminaram em primeiro lugar no grupo E, e agora podem aparecer no caminho do Brasil na segunda fase.

continua após publicidade

O encontro entre holandeses e brasileiros pode acontecer apenas nas quartas de final. Porém, para isso, a Holanda precisa derrotar a Eslováquia, seu adversário no jogo desta segunda-feira, às 11h, e o Brasil, além de terminar em primeiro no grupo G, também terá de vencer o seu confronto pelas oitavas de final.

continua após publicidade

Além da Holanda, o grupo E ainda teve a surpreendente classificação do Japão. Os nipônicos venceram com propriedade a Dinamarca por 3 a 1, em Rustemburgo, e com isso serão os adversários do Paraguai, em jogo que acontece na terça-feira, às 11h, em Pretória.

continua após publicidade

A Holanda entrou em campo com quase toda a sua equipe ideal. A grande expectativa girava em torno da escalação de Arjen Robben, jogador que ainda não havia estreado neste Mundial por conta de problemas musculares. Aos 27min do segundo tempo, no entanto, o atacante substituiu Van der Vaart e pôde utilizar esta partida, principalmente, para recuperar o seu ritmo de jogo.

Porém, sem Robben desde o início, coube a Van Persie o papel de abrir o placar no primeiro tempo, após boa trama no lado direito do ataque da Holanda. Sem fazer muita força, os holandeses ainda desperdiçaram outras duas grandes chances de ampliar.

continua após publicidade

Na segunda etapa, o técnico Bert Van Marwijk começou a poupar jogadores, já pensando no próximo jogo da equipe. Dessa forma, Van Persie e Kuyt foram substituídos.

continua após publicidade

Se a Holanda jogava em ritmo lento, Camarões buscava, ao menos, deixar a África do Sul de forma menos vergonhosa. Coube a Eto’o, melhor jogador da equipe, o papel de cobrar o pênalti e marcar o segundo gol dele e da sua seleção nesta Copa do Mundo.

Nos minutos finais, os africanos ainda tiveram tempo de prestar uma homenagem a Rigobert Song que, ao entrar na partida desta quinta-feira, chegou à marca de quatro Copas do Mundo disputadas (as outras foram em 1994, 1998 e 2002). O defensor, no entanto, não conseguiu evitar um lançamento para Robben e, após a conclusão na trave, o reserva Huntelaar garantiu a vitória e o aproveitamento 100% dos holandeses.