Esportes

Muricy Ramalho critica a apatia do São Paulo na derrota para o Coritiba

Da Redação ·
Muricy Ramalho critica apatia do São Paulo na derrota
fonte: Arquivo TN
Muricy Ramalho critica apatia do São Paulo na derrota


Foi com declarações curtas e críticas que Muricy Ramalho falou sobre a derrota do São Paulo para o Coritiba por 3 a 1 no Couto Pereira, na noite de quarta-feira, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Irritado com o resultado, que fez o time estacionar nos 42 pontos e permitiu ao Cruzeiro abrir novamente sete pontos na liderança após os mineiros vencerem o Atlético-PR por 2 a 0, o treinador não escondeu que não gostou da atuação.

A principal reclamação do treinador foi pela morosidade da equipe depois de ter aberto o placar no fim do primeiro tempo. Para Muricy, o São Paulo pagou caro por não se esforçar para marcar o segundo e reduzir as chances de reação do adversário.

"Nós nos acomodamos um pouco. O jogo estava controlado no começo do segundo tempo, mas era hora de matar o jogo e sofremos o empate. Do meio para frente nos acomodamos", reclamou o treinador, que minimizou a ausência de Kaká (suspenso) na partida. "Claro que faz falta, mas o jogador que entrou no lugar dele fez o gol. Faltou um pouco mais da gente."

continua após publicidade
confira também



O São Paulo agora se vê obrigado a vencer o Corinthians no Itaquerão para evitar que o Cruzeiro dispare ainda mais na liderança. Os mineiros também têm um compromisso complicado e fazem o clássico regional com o Atlético-MG no Mineirão. Os dois jogos serão no próximo domingo.

"O Cruzeiro erra pouco, mas não está definido. O campeonato pode voltar a ficar com a diferença baixa, mas precisamos ganhar o clássico domingo porque eles também têm um jogo complicado", analisou.