Esportes

Luca Montezemolo deixa presidência da Ferrari após 23 anos de trajetória

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Luca Montezemolo deixa presidência da Ferrari após 23 anos de trajetória
fonte: Foto: Divulgação
Luca Montezemolo deixa presidência da Ferrari após 23 anos de trajetória

SÃO PAULO, SP - Após 23 anos no comando da Ferrari, o italiano Luca di Montezemolo, 67, anunciou nesta quarta-feira (10) que vai deixar a presidência da equipe no próximo dia 13 de outubro. Sergio Marchionne, presidente-executivo da Fiat, deve assumir o cargo.

continua após publicidade

"Termina uma era, eu decidi deixar a presidência depois de 23 anos maravilhosos e inesquecíveis (...) Hoje o meu pensamento vai também aos nossos torcedores, que nunca deixaram de dar o seu entusiasmo especialmente nos momentos mais difíceis", disse Montezemolo em um comunicado.

"A Ferrari é a melhor empresa do mundo e, para mim, foi um grande privilégio e honra ter sido o líder. Dediquei todo o meu esforço e entusiasmo e, junto à minha família, representou e representa a coisa mais importante da minha vida", afirmou o dirigente.

continua após publicidade

A saída de Montezemolo acontece num momento delicado para a Ferrari e justamente três dias depois da péssima apresentação da equipe em casa no GP da Itália, no último domingo (7).

O primeiro abandono de Fernando Alonso por problemas técnicos desde o início de 2010 e a modesta nona colocação conquistada por Kimi Raikkonen causaram mal estar na Fiat, dona da Ferrari, que classificou a atual fase da equipe de F-1 como "inaceitável".

Sem vencer um Mundial da categoria desde a conquista do título dos construtores de 2008, a escuderia vem passando por uma reformulação desde o início do ano, mas os resultados ainda não se concretizaram na pista.