Esportes

Possibilidade de pegar Argentina nas oitavas do Mundial não assusta Brasil

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Possibilidade de pegar Argentina nas oitavas do Mundial não assusta Brasil
fonte: Foto: Danilo Borges/ Portal Brasil 2016
Possibilidade de pegar Argentina nas oitavas do Mundial não assusta Brasil

GRANADA, ESPANHA - Depois de encerrar sua participação na primeira fase com a maior vitória do Mundial (128 a 65, sobre o Egito), o Brasil agora espera até o fim do dia na Espanha para conhecer o seu próximo rival, que sairá do Grupo B. Dependendo dos resultados desta quinta-feira (4), poderá ser Argentina, Croácia ou Senegal.

continua após publicidade

Depois de fazer uma boa campanha na primeira fase, perdendo apenas um jogo para a Espanha, o Brasil mantém o discurso de não preferir escolher o rival para as oitavas.

"Todos os times do grupo B são fortes. Então, acho que a gente não tem que escolher. A gente tem que se focar no nosso trabalho", afirmou o armador Raulzinho.

continua após publicidade

A possibilidade de reencontrar um conhecido rival e carrasco nas oitavas não assusta o Brasil. Nas últimas maiores competições internacionais, a seleção foi eliminada nos mata-matas justo em duelos contra os argentinos. No último Mundial, em 2010, a equipe de Rubén Magano perdeu por 93 a 89 e se despediu da competição ainda nas oitavas. Na Olimpíada de Londres-2012, a história se repetiu. O Brasil perdeu a vaga nas semifinais após ser derrotado pelos argentinos por 82 a 77 nas quartas.

"Mesmo que a gente não pegue eles agora, a gente tem chance de cruzar com eles mais para frente. É um bom time, que sabe jogar. A gente sempre jogou de igual para igual com a Argentina, com jogos decididos no finalzinho. A gente espera que a moeda caia para o nosso lado dessa vez", disse Tiago Splitter.

O próximo adversário do Brasil só deve ser definido ao fim do dia, após o jogo entre Argentina e Grécia, que começará às 17h (horário de Brasília).